Com parceria público-privada inédita, projeto municipal Casa da Juventude completa 1 ano no Rio

Projeto é destinado ao atendimento e formação de jovens em situação de vulnerabilidade socioeconômica e já beneficiou 17.743 pessoas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

A Casa da Juventude, localizada na Rua Santo Cristo, no Centro do Rio, comemorou um ano de atividades na última semana. A Casa é destinada ao atendimento e formação de jovens em situação de vulnerabilidade socioeconômica e já beneficiou 17.743 pessoas, com idades entre 15 e 29 anos. O equipamento, que é subordinado à Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio), agora conta com o apoio da Ocyan, empresa do ramo de óleo e gás. A iniciativa é resultado de uma Parceria Público-Privada (PPP) inédita. Agora a entidade passa a se chamar Casa da Juventude Ocyan.

O titular da pasta, Salvino Oliveira, destacou a importância de espaços como as Casas da Juventude na formação e encaminhamento dos jovens ao mercado de trabalho.

“A Casa da Juventude do Centro tem capacidade de atendimento de até 1.500 jovens por mês, com cursos on-line e presenciais. É um centro de referência para esses jovens em uma região tão vulnerável. A Providência, que fica aqui do lado, é a primeira favela do Brasil e representa um desafio para o poder público que começa a ser superado por equipamentos públicos e parcerias como essa, na qual há uma união para transformar a vida de milhares de jovens todos os anos”, comentou Salvino.

Roberto Ramos, CEO da Ocyan, adiantou que a empresa fará a revitalização interna do espaço, além de promover ações educacionais e de trabalho, incentivando oficinas especialmente por meio do voluntariado juntos aos seus funcionários.

Advertisement

“Para mim, esse é um resgate da capacidade de sonhar, promovendo o crescimento como pessoa e cidadão. Temos muitas ideias inovadoras para programas profissionalizantes que possam gerar futuros profissionais em profissões que nos interessam como a de torneiro mecânico, por exemplo. Podem ter certeza de que estamos comprometidos com isso”, disse Ramos.

A celebração de um ano de funcionamento Casa da Juventude Pcyan ofereceu à população a retirada gratuita da segunda via de documentos, serviços de saúde, barbeiro e trancista. Jovens e visitantes também puderam assistira apresentações musicais, de dança e DJ. Participaram do evento: as secretarias municipais de Saúde, Meio Ambiente e Assistência Social, a Guarda Municipal, CET-Rio, Fundação Leão XIII e o Detran.

As Casas da Juventude Ocyan também contam com unidades no Morro dos Macacos e no Chapadão, ambos na Zona Norte, e funcionam de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Nos espaços são acolhidos jovens moradores de favelas ou periferia, integrantes de famílias com renda mensal de até três salários-mínimos ou beneficiárias de programas sociais, além de jovens mães, estudantes em distorção da idade-série ou que estejam fora da escola. As Casas também atendem jovens que cumprem medida socioeducativa, egressos do sistema prisional, pessoas abrigadas e moradores de rua.

Os interessados em se inscrever em qualquer curso das Casas da Juventude devem acessar as redes sociais da secretaria. Também é possível preencher os formulários presencialmente, nas unidades. As turmas são formadas sempre no mês seguinte à inscrição. Os cursos, que são gratuitos, têm duração de um mês e oferecem certificados.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Com parceria público-privada inédita, projeto municipal Casa da Juventude completa 1 ano no Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui