Projeto quer liberar o uso de um mesmo cartão do VLT por mais de uma pessoa

Atualmente, no sistema VLT, o cartão de passagem é individual e cada usuário deve ter o seu próprio

VLT roda no centro histórico do Rio de Janeiro | Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

Será votado nesta semana pela Câmara dos Vereadores do Rio o PL 1226/2022, de autoria do vereador Tarcísio Motta, que propõe que seja permitido o uso de um mesmo cartão ou bilhete, com exceção daqueles destinados a gratuidades e vale-transporte, para efetuar o pagamento das passagens de mais de um usuário no sistema Veículo Leve sobre Trilho (VLT Carioca) até o limite do saldo.

Atualmente, cada cartão pode ser utilizado em apenas uma passagem. Desta forma, quem está em um grupo de pessoas precisa necessariamente comprar um cartão para cada pessoa.

Tal norma de utilização acarreta transtornos e prejuízos para diversos usuários, prejudicando seu direito ao transporte. Uma família com filhos pequenos, por exemplo, é obrigada a adquirir um cartão, pagando três reais referentes ao custo unitário de emissão e mais o valor da passagem, para cada um de seus filhos, mesmo que estes só utilizem o VLT quando acompanhados de um responsável ou que somente o utilizem uma única vez“, diz o vereador na justificativa do projeto.

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Não concordo. O povo tem dinheiro para cervejas,cigarros,estádios,shows,drogas…porque não pagar suas passagens ? Deveriam usar sistema de cartões de débitos também( fica a dica).. Vejo muitos calotes,nos trens e VLT.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui