O Victor Pimentel, do Bla Bla Gol, fez um comentário tão bom em um post aqui do Diário do Rio, que sou obrigado a reproduzir.:

Em jogo contra times de fora a torcida do Flamengo joga (em clássicos estaduais isso é balela. Não tem influência).

Só que sendo o 12º jogador, a torcida pode jogar mal também.

O comportamento do time ditará o da torcida.

O time entra com crédito pelo título estadual que lhe caiu no colo, e pela crença (correta) da torcida na fragilidade do Defensor.

Assim como a “vitória” sobre o Botafogo, o torcedor rubro-negro sabe que a derrota por 3×0 para o Defensor foi um acidente de percurso. A pressão vai ser gigante e positiva no começo.

Se não tomar um gol, acredito em um primeiro tempo vibrante da Nação. E um segundo certamente tenso, independente do Placar.

Se o Flamengo tomar o primeiro gol no 1º tempo, pode se preparar para a impaciência da Nação.

O Botafogo vive situação oposta ao rubro-negro. Deverá vencer a soberba de sua torcida, que dá como carta marcada a passagem para a semi-final da Copa do Brasil.

Quietinho anda o Fluminense. De longe o Atlético-PR é favorito. Por ser no Paraná, por manter com retrospecto recente contra o tricolor e pelo Fluminense estar ainda tentando mostrar que não está em frangalhos. Até provar o contrário, está.

O Vasco, bem… o Vasco fica para o fim de semana. Como dizemos no Blá blá Gol, o Vasco ainda repousa no sofá.

Abraços
Victor

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui