Pulseiras de identificação serão distribuídas para crianças no Réveillon em Copacabana

Objetivo é prevenir e evitar casos de crianças perdidas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP) e da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio), que atuarão na Operação Réveillon, vão distribuir pulseiras de identificação para crianças que vão participar do espetáculo de fim de ano em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, no dia 31 de dezembro.

O objetivo é prevenir e evitar casos de crianças perdidas e também conscientizar os responsáveis sobre a importância de adotar medidas de segurança em grandes eventos.

As pulseiras estarão disponíveis com o efetivo em 33 barreiras espalhadas na orla de Copacabana, na altura da Avenida Francisco Otaviano, até o Leme. Os responsáveis poderão se dirigir às viaturas e solicitar a identificação.

As pulseiras são impermeáveis, coloridas e levam o nome da criança e telefone de contato do seu responsável, a fim de localizar os pais caso percam o filho na praia.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

A estratégia também é utilizada diariamente pelos guardas do Subgrupamento de Operações de Praia (SGOP), nas areias, e ajuda a agilizar a localização dos pais quando há crianças perdidas, evitando a necessidade de acionar o Conselho Tutelar.

O serviço na faixa de areia também estará disponível.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Pulseiras de identificação serão distribuídas para crianças no Réveillon em Copacabana

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui