Quadrilha que atuava em central clandestina de venda de imóveis é presa no Centro do Rio

Os marginais se passavam por corretores de imóveis e enganavam proprietários interessados em vender os seus imóveis, e clientes

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Uma central clandestina de venda de imóveis foi fechada por policiais da 14ª DP (Leblon), na Rua São José, no Centro do Rio, nesta quarta-feira (15). No prédio, a polícia prendeu em flagrante quarenta criminosos que trabalhavam oferecendo serviços fraudulentos.

A delegada Ana Terra explicou que os marginais se passavam por corretores de imóveis e enganavam proprietários interessados em vender os seus imóveis, e clientes.

De acordo com a delegada, quando os clientes pagavam as primeiras parcelas das unidades transacionadas, os criminosos mudavam o escritório para um novo lugar. Todos os funcionários também desapareciam.

Segundo os agentes policiais, a quadrilha fazia as transações com o nome registrado de Cooperativa Casa Habitacional Fênix, mas o dinheiro das vítimas ia para a empresa Mesbla Investimentos e Consultoria.

Advertisement

Leia também

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

10 coisas que só quem anda de ônibus no RJ vai entender

As informações são do G1.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Quadrilha que atuava em central clandestina de venda de imóveis é presa no Centro do Rio

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. A moça acima ponderou certo, tem q separar o joio do trigo. A mesma coisa quanto aos “terroristas” de Brasília, terroristas quando agem ñ fica pedra sobre pedra, até vossas vidas é tragada. No Brasil, se observar com olhos de águias, tá cheio de politicos-terroristas agindo contra a sociedade, toda aquela q grita por saúde, transporte, comida, moradia decente e educação de qualidade.

  2. Patrícia Lima, pense bem antes de chamar todos que foram levados a delagcia de marginais pois a maioria que estava ali chegou após ver uma vaga de proposta de emprego na internet, em nenhum outro lugar se vê falando que todos eram culpados, some te aqui.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui