Quadrilhas juninas terão incentivo financeiro do Governo do RJ; premiação total ultrapassará R$ 7 milhões

Segunda edição do edital ''Arraiá Cultural RJ'' contemplará 115 projetos em todo o estado; inscrições começam nesta quinta (13/04) e vão até 02/05

Quadrilha do grupo ''Arraiá dos Namorados'' - Foto: Divulgação

O Governo do Estado publicou, no Diário Oficial desta segunda-feira (10/04), a 2ª edição do edital ”Arraiá Cultural RJ”. O evento de lançamento será realizado nesta quinta-feira (13/04) no Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, popularmente conhecido como Feira de São Cristóvão, na Zona Norte da capital fluminense.

Com uma premiação total de R$ 7,25 milhões, a chamada contemplará 115 projetos em todo o estado e ficará a cargo da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec-RJ). As inscrições ficam abertas das 18h de quinta até o mesmo horário em 02/05.

”Esse edital começou através de um processo de escuta, de contato direto com a população, ouvindo as demandas e mapeando os setores culturais que precisavam de apoio. E a primeira edição do Arraiá Cultural já foi um sucesso: conseguimos atender proponentes de 23 cidades diferentes, democratizando a cultura por todo o interior. Agora, vamos para a segunda edição com o sentimento de dar continuidade a esse trabalho tão importante para o segmento”, diz a secretária Danielle Barros.

Vale ressaltar que, na Feira de São Cristóvão, o evento de lançamento do edital será realizado na tradicional Barraca da Chiquita, contando com muita música, danças e comidas típicas que representam a cultura nordestina.

Como concorrer

Os interessados poderão escolher entre duas categorias para concorrer: na A, dedicada à apresentação de quadrilhas juninas, serão contempladas 100 propostas culturais, no valor de R$ 50 mil cada; já na B, voltada para festivais de quadrilhas juninas, o Arraiá atenderá 15 projetos, com o valor de R$ 150 mil para cada um.

Na categoria A, o proponente vai precisar realizar, no mínimo, uma apresentação de quadrilha junina composta por, pelo menos, 12 pares, desenvolvendo inúmeras figurações coreográficas, ordenadas por um ”marcador”, que orienta os movimentos dos participantes. A realização deve respeitar denominações e movimentos tradicionais e incorporar criações adaptadas pelos marcadores.

Já na B, o proponente deverá realizar evento aberto ao público, reunindo apresentações de, no mínimo, cinco quadrilhas juninas, podendo ser, ou não, oriundas do mesmo município no qual o festival é realizado, a ser organizado por associação, federação ou liga com comprovada atuação na área.

É importante destacar que o edital é voltado a pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, podendo ser Microempreendedor Individual (MEI) no caso da categoria A, estabelecido no estado do RJ, que seja comprovadamente representante de uma ou mais quadrilhas juninas. A proposta precisa ser executada presencialmente em território fluminense. As inscrições devem ser feitas pelo site oficial da Secec.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui