O ex-prefeito Cesar Maia (DEM) trouxe hoje uma interessante curiosidade sobre a “Zona Sul”, de quando se começou a usar este termo para designar a área que inclui bairros como Copacabana, Leblon, Botafogo…

 

É interessante ver que a consagração do termo faz 50 anos, quando fez sucesso a música Balanço Zona Sul. A música não é de Menescal como diz a geógrafa e sim de Tito Madi. A versão ao lado está na voz de Glaucia Nesser.

O USO DO TERMO "ZONA SUL" NO RIO!
(ESP, 13/09) 1. Para a geógrafa Elizabeth Dezouzart Cardoso, a zona sul do Rio foi "inventada" em 1927.  O termo apareceu pela primeira vez no jornal de bairro Beira-Mar, criado em Copacabana, que circulou até no exterior.  Em 23 de janeiro de 1927 foi publicada reportagem que se referia aos "bairros sul" e tinha como tema central problemas em favelas da região. Abordava a falta de saneamento das habitações, a proliferação de doenças e os planos da prefeitura para melhorar as condições de vida naqueles locais. Pouco depois, em 6 de fevereiro, texto sobre a futura abertura do Corte do Cantagalo citava a "expansão da zona sul, onde os terrenos estão se valorizando de forma incrível". Segundo a pesquisadora, o termo só surgiria num jornal de grande circulação, o Correio da Manhã, em 1940.

 

2. A zona sul já convivia com uma desigualdade que levava operários e empregados domésticos a morar em favelas, mas "passou a ser vista de forma primordialmente positiva, com uma imagem associada à beleza e à elegância". A popularização das praias de Copacabana, Ipanema e Leblon foi decisiva nessa valorização. Elizabeth concentrou sua pesquisa em três periódicos: além do Beira-Mar e do Correio da Manhã, a revista O Cruzeiro. Nesta publicação, a primeira referência à zona sul foi encontrada em um conto de David Nasser publicado em 1943.

 

3. A pesquisadora também verificou que as colunas "zona norte" e "zona sul" só surgiriam na seção de classificados do Correio em 1970. Em O Globo, isso ocorreu um pouco antes, em 1968. No Jornal do Brasil, em 1959. Até então, os classificados apresentavam uma coluna, Subúrbios, e os bairros das chamadas zonas sul e norte vinham em ordem alfabética, sem um título geral.  Para Elizabeth, o termo foi consagrado no cotidiano em 1959, com a música Balanço Zona Sul, de Roberto Menescal.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui