Quase 700 presos que deixaram presídios do Rio no Natal de 2021 não retornaram

Dados são da Secretaria de Administração Penitenciária

Foto: Reprodução

O percentual de presos que deixaram os presídios do Rio no fim do ano passado não voltaram ao sistema carcerário é de 22%, segundo dados da Secretaria de Administração Penitenciária, divugados pela Bandnews. Os números mostram mostram que dos 3.187 detentos beneficiados pela saída temporária, 687 ficaram pelas ruas. Em São Paulo este porcentual é bem menor: 4%.

Diante deste cenário, tramita no Congresso Nacional um projeto de lei que visa endurecer o benefício. De olho no que os parlamentares chamam de evasão penitenciária, o Senado Federal discute uma medida que pretende extinguir a saída dos detentos das unidades prisionais. O PL foi aprovado, no início de agosto na Câmara dos Deputados. No Plenário o placar foi de 311 votos favoráveis e 98 contrários.

A lei atual permite a saída temporária dos condenados no regime semiaberto para visitar a família durante datas festivas. Uma pesquisa realizada pelo Data Senado mostrou que 77% da população aprova a medida que impede a saída dos presos.

O texto aprovado também obriga a realização de exame criminológico como requisito para a progressão de regime e para a autorização de regime semiaberto. Agora, o projeto segue para o Senado, que vai analisar as alterações dos feitas pelos deputados

Advertisement

3 COMENTÁRIOS

    • Pois é! Melhor acreditar em papai noel mesmo! Tem mais lógica. O brasileiro de bem tem que fazer uma jaula em torno da sua casa. Assim, presos, teremos mais segurança.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui