Foto de Vinicius Malta no Pexels

Estou distante de ser um bolsonarista, mas muito distante. Sou daqueles que entre Bolsonaro e Lula votaria no PT – isso apesar de ter sido filiado por mais de 20 anos ao PFL e estar no Novo desde que o partido se entregou aos Malafaia. Não digo aqui no DIÁRIO DO RIO, em que não cabem as minhas opiniões sobre o cenário nacional, mas acho que Jair Bolsonaro calado é um poeta e daí para baixo.

Sempre fui fã da jornalista Miriam Leitão, mas o seu ódio a Bolsonaro, ainda que justificado, a está deixando cega e monotemática. Só fala do presidente, só pensa no presidente e só critica o presidente ou o seu governo – e isso tem se tornado um tanto irritante. Praticamente não a leio mais, pois minha profissão não me permite viver em bolhas.

Um exemplo de crítica desnecessária é ao leilão da ANP de blocos de petróleo, que aconteceu nesta quinta-feira, 7/10. Foram arrematados 5 dos 92 blocos. Após ferrenha campanha contrária ao leilão, tanto em opiniões escritas quanto na televisão, o título do artigo da Miriam foi “As razões do fracasso do leilão de petróleo que o governo ainda tenta dizer que foi um sucesso”.

Realmente, o leilão não foi um sucesso retumbante, mas também esteve longe de ser um fracasso, até pela lógica do mercado de exploração de petróleo e gás. Mais do que isso, as razões pelas quais Miriam considera que o leilão foi fracassado são exatamente as razões que o tornam relativamente exitoso.

Para Miriam não houve venda de mais blocos porque “as empresas de petróleo hoje estão envolvidas em limpar sua cadeia produtiva, em se descarbonizar. Por isso estão investindo em novas energias e querendo ser conhecidas como empresas de energia, e não de petróleo. Estão calculando suas emissões e neutralizando, ou com mudanças de práticas“.

Tudo isso é parcialmente verdade. Muitas das petroleiras, especialmente as europeias, estão se planejando para um futuro no contexto da transição energética. E as questões ambientais, como a pegada de carbono, estão sendo crescentemente levadas em conta, inclusive por pressão dos investidores.

Foto de Jan-Rune Smenes Reite no Pexels

Ocorre que é exatamente por conta da menor disposição das petroleiras para investir em projetos exploratórios de alto risco – ainda mais em um período de pandemia e incertezas globais – que o leilão trouxe boas notícias.

Quer dizer, mesmo em um cenário muito adverso, a ANP conseguiu conceder 5 blocos exploratórios, com arrecadação de R$ 37,14 milhões em bônus de assinatura e compromisso de investimento mínimo de R$ 136,34 milhões por parte das petroleiras vencedoras.

Por si só, esse investimento já significa geração de emprego, renda e impostos que devem beneficiar diretamente o estado do Rio de Janeiro, pois é aqui que a maior parte dos fornecedores dessa indústria está instalada. Então por que não comemorar, em vez de lamentar?

Caso as empresas obtenham sucesso na exploração, os investimentos para desenvolvimento da produção nessas áreas devem chegar a quase R$ 5 bilhões, segundo fontes do setor. E aí serão também arrecadados royalties e outras participações governamentais relevantes para o governo federal, estados e municípios.

Além disso, por se tratar de uma nova fronteira exploratória – ou seja, de uma região com a geologia pouco conhecida -, o investimento das empresas na obtenção de dados técnicos que permitam entender melhor o modelo geológico dessa parte da bacia de Santos deverá aumentar o interesse de outras petroleiras, que poderão adquirir outros blocos no futuro, expandindo os ganhos para a sociedade.

Apesar da quantidade blocos vendidos ter sido pequena, ninguém esperava – nem o governo – que todos fossem vendidos. A expectativa não era nem perto disso. Ao contrário, especialistas esperavam que o leilão pudesse ser pior – e não foi. Em uma metáfora futebolística, como torcer para o Botafogo: considera-se sucesso não cair para a Série C

37 COMENTÁRIOS

  1. Você deve ser um verdadeiro idiota em preferir votar no Lula do que no Bolsonaro… Tudo bem que o Capitão é uma máquina de falar merda, mas os riscos de uma volta do petismo na Presidência são infinitamente maiores.

    De resto, concordo com tudo.

  2. Todos ” farinha do mesmo saco”, e ainda tem comentários que dizem que o Lula é comunista, esse é o nivel mais alto dos fascistas. Eu não sei em qual escola o fascistoide estudou porém eu afirmo peremptoriamente que de comunismo o cidadão não entende rigorosamente de nada. É um alienado e ignorante em termos de História.

  3. Sr Quintino, que diferença tem vc e Miriam Leitão?! Acho que nenhuma! Ela destila ódio por uma pessoa. Vc pela que parece, pela nação! Como pode uma pessoa desejar a volta de um governo que levou o país no mais alto grau de corrupção e com isso, muito desemprego e miséria?! Pode não gostar do atual presidente como pessoa, mas não como mau presidente! Ele sempre demonstrou que quer o melhor para a nação e não para o seu bolso!

  4. Votei em Bolsonaro, não voto mais. Entre Bolso e o lula…anulo meu voto….lula não é apenas larápio, ele é comunista. Só vota em lula quem não sabe o que é viver na coreia do norte, na china ou em cuba. Há muitos ignorantes sobre estes lugares…nao sabem o que é ser preso ou morto só por criticar o regime. Infelizmente há muitos ignorantes.

  5. Perfeito. Realmente a nossa amiga Miriam Leitão está assando na panela regada no ódio ao Bozo. Como nos diz nosso amigo Shakespeare o ódio é um veneno que te mata querendo que o odiado morra. Não consigo mais escutar o jornalismo da globo que vai pelo mesmo caminho da Miriam. A sorte é ter surgido a CNN. Parabéns pelo artigo.

  6. Uma coisa que me chamou a atenção nesse artigo foi a preferência pelo candidato do PT, e não é novidade para mim os grunhidos monotemáticos da senhora leitão. Não aprovar o Bolsonaro, tudo bem, faz parte da democracia; agora, dar preferência ao ex-presidiário (pelas bênçãos do STF e estrelismo do ex juiz Sérgio Moro), não soa coerente para quem supostamente deseja a melhoria do Rio. Cumpre recordar que o candidato da esquerda foi o mesmo que declarou injusta a prisão de um certo (errado) governador deste estado só porque praticou a “pequena” infração da corrupção! Daí surgem outras declarações do decrépito meliante, tais como “ainda bem que a “natureza” criou esse tal de coronavírus…”, “Não aceito jovens sendo punidos só porque roubam celulares e etc.” E muitas outras que fazem qualquer pessoa minimamente decente sentir náuseas pela decadência moral desses seres humanos…
    E não há como negar tais declarações, impondo censura mediante a qualificação de serem “fake News” porque simplesmente estão registradas em imagens e bons sons para quem quiser ouvir… Quem quiser ouvir!
    Em resumo, a democracia é o sistema que permite o afundamento de uma pátria, um Estado ou uma cidade ainda mais na lama; mas muito pouco o resgate dela.

  7. Parabéns pelo comentário !! Vem de encontro ao que os “Brasileiros” pensa sobre essa pessoa que luta pelo seu emprego e discerne informações desorientadora.

  8. Da para perceber que o Brasil está sofrendo calado uma sangrentas desvalorizações por conta de suas posições partidárias, comportamento de cidadão e governo sem estrutura nenhuma de governar um país ” Brasil”, tão rico em tudo que podemos produzir vom respeito que dá lucro! Triste em ver uma falsa moralização dos seus contribuintes; que ao mesmo tempo se encontram perdidos em suas próprias teses mentais sem compromisso com a nação se qual for o seu presidente, o problema está em nós mesmo em sermos contrários e autoritários ao ponto de vermos o desmonte de um pais chamado Brasil- em que todos dizem ser donos.

  9. Parabéns pelo comentário! Lúcido, realista e bem esclarecedor. Trabalho no setor de petróleo e sei bem qual o custo para desenvolver e explorar um campo de petróleo.
    Essa jornalista ultrapassada, rancorosa, tem inveja do sucesso do governo Bolsonaro, que ela odeia por motivos que todos conhecem e, por isso, faz esses comentários pífios, ridículos e mentirosos, de quem só está preocupado em ser do contra tudo. Bem do padrão do grupo para o qual ela trabalha.

  10. O Sr. Quintino, assim como 75% ou 80% dos brasileiros, já perceberam o quão ruim é Bolsonaro.
    Mas acho que, assim como tantos outros, não perceberam o perigo que esse ser representa. Se percebesse, concordaria que justifica todo e qualquer ódio e aversão a ele.
    Qualquer esforço vale pra tirar este pária da cadeira.

  11. Quando a prospecção do pré-sal estiver toda planejada e a atividade extrativa se iniciar, vamos ver investimentos de muito maior monta.
    O processo teve atrasos de cronograma, por conta do esforço de recuperação que a Petrobras teve que fazer, depois que foi assaltada pela corja lulodilmista…
    Quanto ao PT e à Miriam Globo, nada a comentar e tudo a lamentar…

  12. É só o barril de petróleo subir para UA$120 ou 140 que vende todos os blocos! Aguardem. Esse dia não está tão longe assim. A jornalista em questão é apenas mais uma beócia que vive em uma bolha.

    • está enganado, não adianta o petróleo subir se as demais fontes de energia estão ficando mais baratas e populares. Na cabeça das empresa, não vale mais a pena investir pesado em recurso que se torna escasso e caro, essa história de pegada de carbono sempre foi balela, no final dos contas vale o que vai dar mais dinheiro lá na frente. Como sempre o Brasil vai ficando para trás achando que o que deu certo no passado vai continuar dando certo, o mundo vai mudando bem na frente dos nossos olhos e não conseguimos ver.

  13. Essa jornalista, tem um passado nebuloso, infelizmente ainda existe pessoas alienadas, que dão ouvidos a essa pessoa, que se acha dona da razão.
    Qdo na verdade, não deveria ter voz.

  14. Ihhhhh a coisa é mais complexa do que parece. Concordo que a visão da Mirian está muito estreita. Mas, vamos admitir que rédeas são impostas pelos atuais e, ou, futuros patrocinadores da emissora.
    Num país semi-industrializado, com uma infraestrutura ínfima, políticos desonestos legislando em causa própria, judiciário capenga, empresários amadores e etc…. além de um povo SUBMISSO E OMISSO, energia elétrica e combustíveis são parte importante das ferramentas para controle da inflação e condições melhores de competitividade para a indústria brasileira.
    Bem…. no meu ponto de vista é isso é muito mais.

  15. Excelente comentário mano!
    Pensei até que esse sentimento que os comentários dela causaram em mim, fosse uma coisa só minha, mais pelo visto ela tem causado uma ojeriza nacional.
    Eu tenho certeza que o Bolsonaro entrará para história como o pior presidente que o país já teve, é um fato; mais não vale propagar pessimismo em um comportamento parcial que desinforma.
    Respeitada pra caramba por ter sido real vítima das atrocidades da ditadura, está fazendo definhar a admiração que o seu leitor e telespectador tem por ela; e não são poucos!
    Se eu pudesse deixar um recado pra ela diria: “Miriam sua querida, ano que vêm tudo muda, controles se, tenha fé porque até no lixão nasce flor”…

  16. Assim como você, não sou bolsonarista mas vendo quem está contra o presidente, já me faz pensar. Uma CPI que deveria se chamar “Odeio o Bolsonaro” ou “Todos contra o Bolsonaro”, que de Covid não tem nada, ou seja foi montada apenas para atingir o presidente e com componentes que não merecem nosso respeito, como Renan Calheiros e Aziz que teve a mulher e os irmãos presos por desvio de dinheiro. Está muito chato ler notícias, aliás o mundo está chato, viver está chato. Só se fala de sexualidade, não se considera o SER HUMANO, se você é contra algo, quase é queimado ou enforcado em praça pública. Que saudade de antigamente.

  17. Eu vejo de outra forma, se o governo tinha expectativa de leiloar blocos perto de áreas de proteção ambiental (se colocou para leilão é pq achou que dava…) ficou claro que as empresas não querem assumir o risco de uma batalha jurídica, além dos atuais altos custos de produção que tem inviabilizado novos investimentos. Independente da opinião parcial, a energia que o governo coloca em pautas que já são ultrapassadas acaba impondo sim fracasos inerentes a escolhas que não tem mais alinhamento com o que está acontecendo no mundo, nesse ponto de vista era um fracasso anunciado que foi confirmado pelo resultado do leilão.

  18. Veja bem o que está em jogo, como alguém compra um carro e ñ sabe se poderá andar, como alguém compra um campo de petróleo e ñ sabe se poderá produzir, ou será q as empresas petrolíferas são bombinhas ao investir nas cegas, é claro q se td ocorresse em um cenário diferente no q tange ao licenciamento ambiental, possivelmente as coisas poderiam, poderiam ser diferentes, tendo q desconsiderar esse parâmetro. O mundo conhece bem esses embargos ambientais, ñ estou defendendo ou condenando ninguém, mas considerando essa possibilidade e se fosse o meu dinheiro, eu nem pensaria a segunda vez, ñ aplicaria nesse empreendimento.

  19. Bom dia!
    Caro amigo,o fato de você não curtir o que o presidente fala, é porque ele é daquele tipo de pessoa que não tem papa na língua!
    Outra coisa,creio eu que o Partido das Tretas beneficiou muitos além da extratosfera!
    Muitos estão com raiva da queda desse partido e você é um deles,vide o tempo em que descreveu!
    A maioria da imprensa vai perder a mamata,se realmente os votos sejam corretos,ano que vem,pois até consultorias fantasmas tem surgido para dizer que o nefasto está na frente das intenções de voto!
    Sobre essa guerrilheira,nem palavras tenho!
    Uma mulher que no passado se vestia de forma”venham,estou preparada”,e hoje sai do seu assento o qual escolheu,na área econômica e fala só asneira e já foi até pega soletrando o que era dito ao ouvido!
    Que a verdadeira família volte!
    Eu gostaria também que voltassem a serem estudadas duas matérias das décadas de 70/80:OSPB e Educação Moral e Cívica!
    Aliás,enviarei isso ao ministério da educação,pois estamos deixando de lado as nossas verdadeiras condutas!

  20. Você está pedindo DEMAIS daquela ativista política ao querer que ela seja intelectualmente honesta. Ela nunca deixou o estilo guerrilheira, só mudou das armas pra caneta.

  21. Mirian não pode se perder e falar m*, há que se ter coerência se não vai ficar igual o outro botando culpa no STF, governadores e na mãe, pra tentar mascarar sua própria incompetência.

    • Problema é que o normal de todo esquerdista é falar merda, viver de realidades paralelas e inventar narrativas e factoides para as sustentar, artifício retórico indispensável para existência da canhotada.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui