Recreio dos Bandeirantes passa por ação de ordenamento

Na ação, comércio irregular foi multado e materiais que ocupavam as calçadas foram removidos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (14/03), a Subprefeitura da Barra e a Secretaria de Ordem Pública, com o apoio da Polícia Militar e da Comlurb, realizaram três ações de ordenamento no Recreio dos Bandeirantes. Na Avenida Gilka Machado foi a quinta vez que as equipes realizaram esse tipo de fiscalização, multando o comércio irregular e removendo materiais que ocupavam as calçadas e trechos da via. Já na Rua Senador Ruy Carneiro, uma estrutura que ocupava completamente a calçada foi removida, e na Avenida Francesco Leta, estabelecimentos sem alvará foram multados e os produtos que ocupavam a via foram removidos. Um caminhão e duas caminhonetes realizaram o transporte de todo o material apreendido.

Hoje estivemos em mais uma ação conjunta com a Subprefeitura da Barra para realizar ordenamento urbano em áreas do Recreio. Além de apreendermos uma grande quantidade de material de ambulantes irregulares, também fizemos a desobstrução do logradouro público para devolver a calçada ao cidadão carioca. Seguiremos com operações para coibir as ilegalidades e trazer mais ordem para a cidade“, destaca o Secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Na mesma manhã, a Secretaria de Ordem Pública realizou mais uma operação para coibir que veículos transitem na calha do BRT. A blitz foi montada na saída do túnel da Grota Funda, sentido Zona Sul, e foram realizadas 15 remoções e 28 autuações. Os veículos removidos foram encaminhados para o pátio de Guaratiba (Estrada da Ilha, 1758 – Guaratiba). O valor da multa por transitar na faixa exclusiva do BRT é de R$ 293,47.  

Outra ação similar também foi realizada pela manhã na praia da Reserva, onde agentes da Guarda Municipal aplicaram multas nos veículos que insistiam em transitar pelo estacionamento, no período da faixa reversível.

Advertisement

Leia também

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

10 coisas que só quem anda de ônibus no RJ vai entender

“Vale lembrar que a Subprefeitura da Barra segue recebendo as reclamações e sugestões dos moradores e trabalhando junto com os órgãos para o atendimento das solicitações”, ressaltou o Subprefeito da Barra, Raphael Lima.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Recreio dos Bandeirantes passa por ação de ordenamento

Advertisement

7 COMENTÁRIOS

  1. Aproveitando a saída da inércia da prefeitura aqui pelo Recreio, sugiro e dêem uma volta pela ciclovia da reserva. Lixo, garrafas quebradas, vegetação invadindo a pista impedindo o livre acesso e irregularidades no piso. Um verdadeiro abandono. Na orla, acúmulo de lixo, desordem nos quiosques e moradia irregular dos catadores de materiais reciclados.

  2. Bom dia, a todos moradores do Recreio dos Bandeirantes!
    O bairro do Recreio está abandonado pelas autoridades.
    Aqui vemos de tudo que não era para vermos; desde o descaso da manutenção das ruas, que são absurdamente esburacadas, ao lixo e mau cheiro. A Gilka Machado está entregue ao abandono, ao lixo, mau cheiro e a vista que temos dela que comparamos ao lixão.
    Não moro na Gilka Machado.
    Moro na gleba B. Mas passeio pelo nosso Recreio, que o nome mesmo já diz: RECREIO! O que não podemos desfrutar desse Recreio, pelo abandono das autoridades.
    Lamentável!!!
    Ahhhh… Sem mais delongas… O rio(valão podre) que exala mau cheiro sem fim e sem contar com as vítimas e pobres JACARÉS.

  3. Prejudicar quem tenta trabalhar eles sabem… e quanto às enormes famílias de moradores de rua ocupando e espalhando lixo pelas calçadas? Aí não tem graça retirar porque eles não têm nada pra ser apreendido, né…

  4. Aquela região é uma terra sem lei. Moro na Alberto Bianchi, com um IPTU de 2.500, e o que temos, além da bagunça, da baderna e do cheiro de urina, causados pelos pagodes promovidos pelo depósito de bebidas da esquina da Guiomar de Novais?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui