Rede D’Or descredencia planos da Unimed-Rio

O presidente da ANS avaliou que o descredenciamento feito pela Rede D'Or não indica uma piora no quadro da Unimed-Rio; a empresa passa por uma crise financeira e teria colocado imóveis à venda

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa / Foto: Site Unimed Rio

A partir do dia 25 deste mês, os hospitais particulares Copa D’Or e Oeste D’Or serão descredenciados dos planos de saúde da Unimed-Rio. A informação foi divulgada pela coluna “Capital”, do jornal “O Globo”. Na semana anterior, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) havia determinado a suspensão de venda de 17 planos da Unimed-Rio.

Ao todo, segundo a ANS, a Unimed-Rio tem 180 planos ativos e 105 suspensos por determinação da agência. Um termo de ajustamento de conduta, firmado em 2016 e com vencimento em 2024, criou condições similares a de uma recuperação judicial para que a operadora pudesse atravessar uma crise financeira. O acordo é assinado pela agência reguladora, Ministério Público do Rio, Defensoria Pública do Estado e prestadores de serviços, como hospitais, laboratórios e clínicas, e membros do sistema Unimed.

Segundo informações de um funcionário da cooperativa de saúde obtidas em off pelo DIÁRIO, o a empresa teria colocado à venda 4 andares comerciais no edifício Paço do Ouvidor, no Centro da Cidade. Famoso pela fachada em espelhos verdes e por ter o único shopping da região central, o prédio foi construído em 1996 e ocupa uma das esquinas da rua do Ouvidor com a Uruguaiana.

Nesse momento, a ANS está analisando os últimos dados enviados pela operadora no dia 31 de março a pedido da agência. Ao jornal “O Globo”, Paulo Roberto Rebello, presidente da reguladora, avaliou que o descredenciamento feito pela Rede D’Or não indica uma piora no quadro da Unimed-Rio.

Advertisement

A Unimed-Rio afirmou que “movimentações na rede assistencial são comuns em todas as operadoras, tanto de credenciamento quanto de descredenciamento” e esclareceu que nos dois casos o descredenciamento foi requerido pela Rede D’Or, que não comentou o assunto.

A operadora destacou ainda que apenas o plano Omega ainda era atendido pelo Copa D’Or e que no caso do Oeste D’Or foi descredenciado apenas o Beta, ou seja, usuários de outros tipos de contratos poderão continuar sendo atendidos no hospital de Campo Grande.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rede D'Or descredencia planos da Unimed-Rio
Advertisement

8 COMENTÁRIOS

  1. A aproximadamente 20 anos, em conversa com um Procurador do Rio, disse-lhe que o patrocinio ao Fluminense ia afundar a Unimed e ele como TRICOLOR DOENTE, SAIU EM DEFESA DO PATROCÍNIO E QUE O PATROCÍNIO IA TRAZER MUITOS FRUTOS PARA A UNIMED!
    ESTÁ AÍ O RESULTADO.

  2. Tenho UNIMED ALFA, Plano Enfermaria, que me custa caríssimo. Tem bons médicos perto de mim, mas cada dia os locais em que me trato noticiam que não atendem mais UNIMED ou não atendem esse plano. Amigos estão mudando para outros planos bem mais baratos e que aceitam pessoas mais velhas sem aumentar o valor. Agora soube que o PREVENT SENIOR conta com a EMERGÊNCIA UNIMED em Copacabana e com o HOSPITAL UNIMED na Barra. A MED SENIOR conta com o HOSPITAL UNIMED BARRA. E são planos que cobram a metade do valor que pago. Estou pensando em fazer a portabilidade para outra operadora.

  3. Depois que um presidente da Unimed resolveu misturar futebol com saúde, nunca mais a operadora se recuperou. Fui cliente por décadas, mas há alguns anos atrás desisti e fui para outra operadora, que além de melhor tem melhor custo.

  4. A Rede Do’r só pensa $$$, deixando de lado a humanização no atendimento e o cuidado com os seus funcionários impondo escalas de serviço exaustivas (6×1).

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui