Rede hoteleira do Rio têm expectativas altas para hospedes nesta semana de Carnaval

De acordo com presidente do HotéisRIO, esperasse que até 85% dos hotéis sejam ocupados

Marquês de Sapucaí, no Centro do Rio - Foto: Luciola Villela

De acordo com dados divulgados, na última quinta-feira, (14/04), pela Associação Brasileira da Industria de Hotéis (ABIH-RJ) e pelo Sindicato dos Meios de Hospedagem do Rio de Janeiro (HotéisRIO), hotéis do Leme e Copacabana lideram com 70,23% em sua ocupação. Seguidos de perto por Barra da Tijuca e São Conrado, com 68,59%. Em terceiro está o bairro do Centro, com 66,57%, em quarto estão Ipanema e Leblon, 64,43%. E a quinta posição fica com Flamengo e Botafogo, com 61,27%.

Os hotéis do Rio de Janeiro têm a expectativa de atingir até 85% de ocupação neste Carnaval fora de época. Os tradicionais desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí precisaram ter sua data transferida para abril, no feriado de Tiradentes, devido à pandemia da covid-19. Já os blocos de rua foram cancelados. Até o momento, a cidade já registra 68,49% dos quartos reservados para o período entre 21 e 24 de abril.

Para Alfredo Lopes, presidente do HotéisRIO, a ocupação dos quartos na cidade ainda tem grandes chances de crescer nos próximos dias. Segundo ele, “O Carnaval é um evento que movimenta bastante o turismo no Rio. Por isso acreditamos que os números de ocupação vão aumentar ainda mais. Nossa expectativa é de que, até o dia do início do Carnaval, chegue a 85%. Após dois anos sem desfiles e blocos, o público quer voltar a desfrutar dos encantos da Cidade Maravilhosa”.

No período tradicional do carnaval, em fevereiro, a taxa de ocupação média na cidade foi de 82,16%, segundo o HotéisRIO.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui