Região Metropolitana do RJ teve quase 180 motoristas flagrados dirigindo alcoolizados na estreia do Brasil na Copa do Mundo

Entre capital e Baixada Fluminense, 177 condutores de veículos estavam sob efeito do álcool; São Cristóvão foi o local com maior índice de testagens positivas: 26,27%

Imagem meramente ilustrativa - Foto: Redes Sociais/Operação Lei Seca RJ - Magno Segllia

Na última quinta-feira (24), dia em que o Brasil venceu por 2×1 a Sérvia na estreia na Copa do Mundo, 177 motoristas foram flagrados pela Operação Lei Seca dirigindo alcoolizados na cidade do Rio de Janeiro e em alguns municípios da Baixada Fluminense.

O primeiro dia da Operação Copa-Verão abordou 1.073 condutores de veículos. Os maiores índices de testagens positivas no bafômetro na capital aconteceram na Zona Norte, mais precisamente em São Cristóvão (26,27%) e em Bonsucesso (21,93%).

Já na Baixada, Duque de Caxias foi a cidade que mais registrou casos. De 118 motoristas abordados, 24 estavam sob efeito do álcool, ou seja, 20,3%.

A Copa do Mundo do Catar termina em 18 de dezembro e, até lá, 180 agentes civis e militares atuarão na operação. As blitzes acontecem em pontos estratégicos, onde há grande concentração de torcedores.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui