Rio bate recorde de abertura de empresas em agosto, segundo Junta Comercial do Rio

Segundo a Jucerja, o Estado registrou a abertura de 7.240 empresas – aumento de 8,6% no comparativo ao recorde anterior alcançado no mesmo período de 2021, com 6.661 negócios abertos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Marcelo Piu (Prefeitura do Rio)

A Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), que completou 215 anos em agosto, celebra não somente o seu aniversário, mas também bons resultados relacionados à economia do Rio de Janeiro. Segundo um levantamento realizado pela autarquia, o Estado do Rio registrou mais um recorde histórico, com a abertura de 7.240 negócios – aumento de 8,6% no comparativo ao recorde anterior alcançado no mesmo período de 2021, com com 6.661 negócios abertos, e de 15% em relação a agosto de 2022, quando 6.292 empresas deram início às suas atividades em território fluminense. O recorde atual é o melhor resultado para os meses de agosto na existência da Jucerja.

Mas 2023 também tem sido um ano bom para a giro empresarial fluminense. De acordo com a autarquia, de janeiro a agosto, foram abertas 48.882 empresas, segundo melhor resultado da história. A marca fica atrás apenas da soma dos oito primeiros meses de 2022, quando o Estado do Rio registrou a abertura de 50.429 negócios.

O governador Claúdio Castro (PL) atribui o bom cenário a um ambiente de negócios mais estável, mas simplificado e juridicamente seguro.

“O ambiente de negócios estável, juridicamente seguro e com processos simplificados, que construímos no Estado do Rio, se torna acolhedor para os novos negócios. Favorece a atração de novas empresas e investimentos, e contribui para o avanço do desenvolvimento econômico, da empregabilidade, e, consequentemente, da melhoria da qualidade de vida da população fluminense”, disse o governador.

Advertisement

Dos 7.240 negócios abertos em agosto, 6.611 estão relacionados à constituições de empresas; 511 abertura de filiais e 118 inscrições de transferência. 

“Estamos mantendo uma média de cerca de seis mil empresas abertas por mês e, em agosto, conseguimos a melhor marca do ano e a melhor marca de todos os tempos nos meses de agosto. Isso nos leva acreditar que fecharemos o ano em torno de 75 mil novas empresas, um feito que será histórico para a Jucerja e para a economia do Estado do Rio de Janeiro”, celebrou o presidente da entidade, Sergio Romay.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rio bate recorde de abertura de empresas em agosto, segundo Junta Comercial do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui