Rio é o 2º colocado em blindagem de carros civis no Brasil

De acordo com a sondagem, as cinco marcas mais blindadas no período analisado foram: Volvo, Jeep, BMW, Toyota e Volkswagen

Volvo XC90 - Imagem meramente ilustrativa / Wikimidia Communs

A Região Sudeste do Brasil concentra o maior número de veículos civis blindados, segundo um levantamento realizado pela Carbon Blindados, principal empresa blindadora do mundo. O Rio de Janeiro ocupa a 2ª posição na demanda por este tipo de serviço, perdendo apenas para o Estado de São Paulo que, entre janeiro e outubro de 2022, concentrou 80% das demandas por blindagens de automóveis.

No ranking realizado pela Carbon, Rio de Janeiro e Minas Gerais ocupam a segunda e a terceira posições na demanda por blindagem de carros premium, com 10% e 6% , respectivamente. Paraná (1%), Pará (1%) e os outros Estados da Federação (2%) complementaram o mercado demandante da empresa, que realizou 3.400 blindagens em 2022, superando o recorde alcançado em 2021, quando foram blindados 3 mil veículos civis no Brasil. 

De acordo com a sondagem, as cinco marcas e modelos mais blindados no período analisado foram: Volvo (Volvo XC60 SUV e Volvo XC90 SUV), Jeep (Jeep Commander SUV e Jeep Compass SUV), BMW (Série 3 Sedan e X1 SUV), Toyota (Toyota Corolla Cross e Sedan), e Volkswagen (Taos SUV e T-Cross SUV).

De acordo com Alessandro Ericsson, CEO da Carbon Blindados, a predominância do Sudeste na demanda por blindagens civis está relacionada ao maior número de emplacamentos de automóveis na região.  

“A Região Sudeste é onde são emplacados mensalmente a maioria dos veículos, sendo natural que os proprietários busquem nessa localidade por serviços especializados, como a blindagem”, explicou o executivo, destacando a predominância de São Paulo na demanda pelo serviço: “Esse número relevante ocorre por causa de algumas circunstâncias. Entre elas, alguns clientes possuem endereço corporativo no Estado, apesar de morar em outros locais.”

O CEO da Carbon Blindados destacou ainda que, apesar de a segurança ser um forte componente na demanda dos consumidores brasileiros, a validação das montadoras também é um objetivo almejado por quem é detentor de um veículo premium.

“Os consumidores brasileiros, assim como os de mercados mais maduros como o europeu, além da questão da segurança, que é o primordial, buscam também serviços de blindagem que tragam a validação das montadoras, que demandam os mais altos padrões de exigência em segurança e na manutenção das características originais dos veículos. E o crescimento que estamos experimentando na Carbon mostra que os clientes reconhecem a importância da homologação e da certificação. Em grande parte, essa atuação conjunta com as principais marcas de carros premium nos permitiu atingir um faturamento de R$ 280 milhões, até outubro, e a projeção é de alcançarmos R$ 320 milhões até dezembro”, finalizou Alessandro Ericsson.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui