Rio de Janeiro sedia os Jogos Mundiais Escolares Sub-15, maior competição estudantil do mundo 

Com disputadas em 18 modalidades, o evento será realizado nas instalações dos Jogos Olímpicos Rio2016. Participam da competição1.400 competidores de 46 países

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Crédito: CBDE

Considerado o maior evento com estudantes-atletas do mundo, a ISF U15 Gymnasiade 2023 acontece no Rio de Janeiro, entre os dias 19 a 27 de agosto, reunindo de mais de 1.400 competidores de 46 países. Também conhecida como Jogos Mundiais Escolares Sub-15, o evento contou com um investimento de R$ 5 milhões por parte do Governo do Estado, através da Lei Pelé. As competições, cujas entradas são gratuitas, serão realizadas nas instalações onde foram realizados os Jogos Olímpicos Rio2016.

O governador Cláudio Castro (PL) celebrou a realização do grande evento esportivo na capital fluminense, salientando o compromisso do Estado com o apoio ao esporte de base.

“Recebemos a Gymnasiade com grande alegria. O Rio de Janeiro está de portas abertas para o esporte e este evento reforça o nosso compromisso com os atletas, incluindo a categoria de base. Nos próximos dias teremos competições internacionais, atletas e delegações de diversos países, com disputas de alto nível, reforçando a capacidade do nosso estado de sediar grandes eventos esportivos e ao mesmo tempo movimentar uma cadeia que também impulsiona o turismo e economia local. Tenho a certeza de que faremos os melhores Jogos Mundiais Escolares da história”, comemorou Castro.

A Gymnasiade conta com os melhores competidores de diversas unidades educacionais do mundo, sendo a equipe brasileira a mais numerosa da competição, com 404 integrantes: 323 estudantes-atletas, de 26 estados; e 71 do Rio de Janeiro. Em seguida vem a China, com 200 integrantes; Chile, com 164 competidores; e os Estados Unidos, com 122 inscritos.

Advertisement

O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Rafael Picciani, reafirmou o compromisso do poder público estadual com a promoção do esporte escolar, para a promoção da inclusão social e do intercâmbio cultural entre os participantes. Picciani reafirmou ainda a vocação do Rio de Janeiro para a promoção de grandes eventos esportivos no Brasil.

“É chegado o grande momento, a Gymnasiade é uma grande competição estudantil, com alcance mundial. O Rio de Janeiro concorreu com grandes cidades pelo direito de sediar esse evento e, para nós, é uma oportunidade de mais uma vez valorizar o legado Olímpico, tendo em vista que é a primeira grande competição multimodalidades que utilizará todos os equipamentos olímpicos de 2016. Nossa expectativa é que o povo carioca e fluminense receba de braços abertos todas as comitivas. Serão mais de 40 países representados, numa oportunidade de marcarmos a memória desses jovens com uma ótima impressão sobre nosso país e nossas cidades”, comentou o secretário de Esporte.

Os atletas participantes disputarão as melhores marcas em 18 modalidades: Atletismo, Taekwondo, Judô, Karatê, Boxe, Wrestling, Ginástica Artística, Ginástica Rítmica, Dança Esportiva, Tiro com Arco, Badminton, Tênis de Mesa, Basquete 3×3, Orientação, Xadrez, Esgrima e Natação. Os paratletas participarão das disputas da Paranatação.

Foto Gymnasiade credito CBDE 4 Rio de Janeiro sedia os Jogos Mundiais Escolares Sub-15, maior competição estudantil do mundo 
Crédito: CBDE

O presidente da Confederação Brasileira do Desporto Esportivo, Antônio Hora Filho, destacou que o evento internacional é uma boa oportunidade para que competidores e visitantes do Rio de Janeiro conheçam as habilidades anfitriãs brasileiras, especialmente de cariocas e fluminenses, além de consolidar o Estado como um destino para a realização de megaeventos esportivos.

“Muito além da infraestrutura esportiva do Parque Olímpico, cenário onde aconteceram os Jogos Olímpicos 2016, o Brasil também tem a pretensão de mostrar ao mundo o carisma do seu povo, o poder de acolhimento, a receptividade e a empatia que o povo brasileiro tem pelos seus visitantes. Teremos a oportunidade ímpar de mostrar a nossa performance dos nossos atletas-estudantes que competirão no seu próprio país. Com isso, esperamos que o desempenho seja elevado e também mostrar ao mundo a capacidade de organização do Brasil em megaeventos esportivos”, disse Hora Filho.

As competições serão realizadas no Parque Olímpico da Barra; no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan); na Escola de Educação Física do Exército (ESEFEx), na Urca; na Universidade da Força Aérea (Unifa), em Sulacap; e na Arena da Juventude, em Deodoro. .

A Gymnasiade 2023 é uma realização da International School Sport Federation (ISF) em parceria com a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE).O evento conta com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer; Prefeitura do Rio; da Federação de Esportes Estudantis do Rio de Janeiro (FEERJ);do Sesc Rio; e do Governo Federal, por meio do Ministério do Esporte.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rio de Janeiro sedia os Jogos Mundiais Escolares Sub-15, maior competição estudantil do mundo 
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui