Bairro Jabour
Bairro Jabour

O vereador Marcelino D’Almeida (PP) conseguiu e o Bairro Jabour, na Zona Oeste, agora é oficialmente um bairro. Assim Senador Camará perde um pedaço, mais especificamente o quadrilátero que envolve os seguintes logradouros: Avenida Santa Cruz, Rua Rodrigues de Freitas, Rua Murilo Braga, Rua Trípoli, Estrada dos Coqueiros e Rua Corte Real , conforme a imagem em destaque.

De acordo com Marcelino, “O bairro será uma homenagem a seu idealizador e fundador, Abrahão Jabour, imigrante nascido no Líbano, que deu início à sua construção no ano de 1960?. E completa: “diversas ruas do bairro ganharam inclusive nomes de cidades libanesas“. Jabour fundou a Jabour Exportadora, que chegou a ser a maior exportadora de café do mundo. E, vejam só, é tio-bisavô da modelo Ellen Jabour.

Abrahão Jabour, como disse o vereador, começou a construção do Bairro Jabour nos meados dos anos 60, em um terreno de 200.000 m2 que havia pertencido à Companhia Federal de Fundição. A ideia era o de criar um bairro modelo para pessoas de classe média. O bairro atraiu a atenção sobretudo de profissionais liberais, funcionários públicos e militares. O arquiteto Jorge Mauad concebeu um projeto de casas, apartamentos e lojas projetadas harmonicamente entre ruas bem calçadas e arborizadas, praças, igreja, e escolas.

Para homenagear seu país de nascimento, diversas ruas do bairro ganharam nomes de cidades libanesas: Baalbeck, Beirute, Biblos, Saida e Trípoli. Seu projeto original era de prolongar o bairro até a linha férrea do ramal da Central do Brasil, e ali criar uma estação ferroviária do Bairro Jabour, porém perdeu a área para a Companhia Estadual da Habitação do Rio de Janeiro – CEHAB, uma empresa estatal do governo do estado do Rio de Janeiro que tem por objetivo a construção de casas populares para famílias de baixa renda. Na área foi então edificada uma comunidade conhecida como Selva de Pedra

A região atualmente tem uma população de mais de 30.000 habitantes.

4 COMENTÁRIOS

  1. Pincei esse interessante trecho:
    “E, vejam só, é tio-bisavô da modelo Ellen Jabour.”
    Vejam a história.
    Libanês que desenvolveu o bairro, fundou empresa que chegou a ser a maior exportadora de café…
    E ainda tem gente (da direita) que defende não haver desigualdades no Brasil e militam contra Políticas de Cotas, Bolsa Família e Impostos sobre Fortunas.

  2. Um bairro que trás excelentes lembranças a muitas pessoas, tive a oportunidade de ver o Sr.Abrahão indo todo sábado a feira….o comércio se desenvolver….e até mesmo desfile de escola de samba na rua principal, Raul Azevedo….entre muitas coisas boas…… saudades

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui