Rio é a 4ª cidade do mundo onde se perde mais tempo no transporte público, diz pesquisa

Relatório da Moovit mostra o tempo médio que os cariocas gastam nas viagens utilizando o serviço de transporte público

Foto de arquivo - engarrafamento no Rio de Janeiro | Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

O Rio de Janeiro é a quarta cidade no mundo com maior tempo médio de viagem no transporte público. É o que aponta um relatório do Moovit divulgado nesta quarta (24/01). Os cariocas levam, em média, 67 minutos para se deslocar de um ponto a outro do município. Ainda segundo o estudo, o Rio está atrás apenas de Bogotá (Colômbia), com 71 minutos; Cidade do México, com 73 minutos, e Istambul (Turquia), que lidera o ranking com 77 minutos.

Ainda segundo o levantamento, a partir de dados colhidos em 2022, 11,73% das pessoas fazem trajetos de duas horas ou mais em uma direção única. Já as viagens de média duração, de uma a duas horas, são feitas por cerca de 32,72% das pessoas. E as viagens curtas são realizadas por 19,12% da população carioca. Essas viagens incluem o tempo de espera, deslocamento e caminhada. No que diz respeito à quilometragem percorrida, o Rio de Janeiro tem a segunda maior distância média no país, com 11,42km. Além disso, 33% das viagens passam por pelo menos 12 km.

O relatório também mostra que, além do Rio, duas cidades brasileiras ficam entre as dez com o maior tempo médio de viagem: Recife (64 min) e São Paulo (62 min). Já com relação ao tempo de espera, Recife lidera com 27 minutos. Em seguida, está Belo Horizonte, com 24 minutos, e Brasília e Salvador empatadas, com 23 minutos. Por sua vez, Curitiba é a cidade com a maior porcentagem de esperas curtas (menos de 30 min), chegando a 17%. Considerando a troca de veículo ou de modal, 27% das viagens em Curitiba têm três baldeações ou mais. É a terceira cidade no mundo, atrás da Cidade do México (29%) e Paris (28%). Porto Alegre é a única cidade em que mais da metade das viagens são diretas (53%).

Em relação à quilometragem percorrida, o Rio tem a segunda maior distância média no país, com 11,42 km e 33% das viagens passam por pelo menos 12 km.

relatório completo está disponível no site do Moovit e permite a busca por cidade ou país. Os dados avaliados são tempo de viagem, tempo de espera, baldeações, distância percorrida, incentivo ao uso do transporte público, frequência de uso, tipos de viagem e impactos da Covid-19.

Advertisement

10 COMENTÁRIOS

  1. Em matéria de transporte público, o RJ com certeza é um dos piores do mundo, lembrando que é uma cidade turística ! Os trens da Supervia uma desgraça sem precedentes, essa empresa já era pra estar fora a muito tempo daqui ,os ônibus das zonas oeste e norte praticamente nem existem mais um lixo ,se que não existe coisa pior …e ninguém faz nada a não ser aumentar as passagens! Nisso eles são bons! Uma lástima, tenho certeza que a maioria se pudesse já tinha saído dessa cidade.

  2. Supervia deveria melhorar suas estações e fazer integração tarifária com o MetroRio igual acontece com CPTM e Metro-SP em SP. Os paulistanos até conseguem fingir que as linhas de trem fazem parte do sistema de metrô. Enquanto no RJ, a Supervia mesmo com uma enorme extensão cobrindo 12 municípios segue sendo extremamente subutilizada.

  3. E quem sofre com isso é como sempre a população e mais precisamente o trabalhador . Imagina gastar 3 conduções para chegar a um local de trabalho, além do custo ,ainda há o tempo. O indivíduo paga para trabalhar pois não recebe o devido e já chega esgotado.O ônibus do BRT São nojentos , quentes, sujos , poltronas grudentas , ninguém merece . Transporte alternativo já dominou a cidade, com seus mandos e desmandos , so cresce em frota e falta de respeito com o passageiro , coitado de quem depende deles para trabalhar ,levam vidas como cargas ….Em relação ao trânsito já sabemos que nada mudou para melhorar .

  4. As empresas de ônibus são a Jezabel q dominam os políticos do Rio a décadas e a agenda metroviária está mais de 40a anos atrasada. Talvez o Rio seja uma das maiores cidades do mundo com menos metrô. SURREAL
    Não há linhas horizontais que formem uma rede de fato. O traçado da linha 6 metroviária Alvorada X Galeão projetada a décadas q faria conexão com todas as linhas sobre trilhos foi praticamente transformada no BRT Transcarioca que já nasceu saturado e insuficiente. Existem somente tripas paralelas sem conexôes que levam pessoas em direção ao Centro e agora ao início da Barra.
    As linhas da supervia deveriam ser transformadas em metrô com trechos subterrâneos nos perímetros centrais de bairros importantes como Madureira, Méier, Marechal, libertando essas áreas das barreiras físicas dos muros da supervia estrangulando o trânsito em escassos viadutos.

  5. Grande parte disso vem da incompetência da prefeitura….sinais quebrados e falta de guardas em cruzamentos importantes….ou seja um completo descaso

  6. Não diga, ruas avs ruins e estreitas, pontos de busbósta mal posicionados, sinais defeituosos, mautoristas de todo tipo, uma baderna no trânsito, fiscalização zero tanto PM quanto guarda-municipal a gestapo do Paes-facista disfarçado de socialista bailando para o comunismo, q só serve pra dá porrada em camelô.#foraPaesDesgraçaDoRio

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui