Rio é uma das cidades com mais engarrafamentos do Brasil

Uma pesquisa feita com dados do aplicativo Waze mostra que o Rio de Janeiro é uma das cidades mais congestionadas do Brasil, só perdendo para São Paulo

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Daniel Martins/Diário do Rio

Uma pesquisa feita com dados do aplicativo Waze mostra que o Rio de Janeiro é uma das cidades mais congestionadas do Brasil, só perdendo para São Paulo. E olha que eles nem devem levar em conta só o trânsito da Barra da Tijuca, porque se fosse assim…

O tempo parado no trânsito é um problema recorrente enfrentado pelos brasileiros que vivem nas grandes metrópoles. Com empresas voltando ao trabalho totalmente presencial e a rotina sendo parecida com o período pré-pandêmico, os números de congestionamento voltaram a crescer. Segundo o Waze, Brasília teve o maior aumento de tráfego de 2023, se comparado* no mesmo período do ano passado:

  1. Brasília: +35%
  2. Goiânia: +33%
  3. Porto Alegre: +31%
  4. Fortaleza: +30%
  5. Belo Horizonte: +28%
  6. Recife: +23%
  7. Campinas: +20%
  8. Curitiba: +19%
  9. São Paulo: +15%
  10. Rio de Janeiro: +12%

*Comparação entre agosto de 2022 com agosto de 2023

De acordo com os dados do Waze, analisando o mês de agosto, as 10 cidades com mais índices de tráfego foram: 

Advertisement
  1. São Paulo
  2. Rio de Janeiro
  3. Belo Horizonte
  4. Recife
  5. Fortaleza
  6. Goiânia
  7. Porto Alegre
  8. Brasília
  9. Curitiba
  10. Campinas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rio é uma das cidades com mais engarrafamentos do Brasil
Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. A sincronização dos sinais melhoraria muito o trânsito. Dificilmente se consegue passar ( sem correr) por dois sinais verdes seguidos, não pode haver uma mínima fluidez assim, sobretudo nos horários de maior movimento

  2. O problema não é recorrente, é que a prefeitura fez obras desastrosas desde o famigerado projeto Rio Cidade. Como é que vai melhorar o trânsito estreitando ruas e ampliando as calçadas? É bom para o pedestre? Sim, mas e pra quem trabalha? Precisamos melhorar a vida das pessoas que trabalham, para que elas cheguem ao trabalho inteiras e depois voltem pra casa com rapidez, para curtirem suas famílias, infelizmente na Grande Tijuca tudo que fizeram de urbanização foi estreitar ruas e aumentar calçadas, onde havia 3 ou 4 pistas reduziram para 2 ou até uma, como isso pode melhorar o transito? Só na cabeça desses arquitetos e urbanistas da prefeitura. A prefeitura concede alvarás para grandes comércios em ruas estreitas, sem escape, onde já está caótico, e permite grandes conjuntos residenciais em bairros pequenos, como isso vai melhorar o trânsito? E aumentaram praças, que ficaram do tamanho de campos de futebol, pra quem? Só se for pra mendigos e pessoal de rua. Lamentável.

    • A Europa está claramente acabando com essa “herança” norte-americana de utilização idolatra dos automóveis.
      Aqui no Bostil temos a tendência nefasta de copiar a cultura do Titio Sam, e a utilização exagerada dos veículos são umas delas.
      Procure no YouTube canais de norte-americanos e canadenses que vivem ou viveram na Europa, e vejam como eles mostram que o modelo norte-americano já está ultrapassado.
      Caso tenha dificuldades em encontrar esses canais, ajudo-o ckm dois deles:
      “Not Just Bikes”
      “City Beautiful”

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui