Rio fecha o ano com 25 ecopontos entregues pela Comlurb à população

Nesta terça-feira, foi a vez da comunidade do Querosene, no sub-bairro Tauá, na Ilha do Governador, receber um equipamento

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Divulgação / Comlurb

O ano de 2023 está fechando com 25 ecopontos entregues pela Comlurb à população. Nesta terça-feira (26), foi a vez da comunidade do Querosene, no sub-bairro Tauá, na Ilha do Governador, Zona Norte da cidade, receber um equipamento, que vai funcionar diariamente, das 6h às 18. O ecoponto Querosene conta com duas caixas, uma destinada à coleta de entulho, bens inservíveis e galhadas; e outra para lixo residencial. No ano passado, a Prefeitura entregou 22 ecopontos.

Os equipamentos instalados em diversos pontos da cidade estão sendo reformados pela Comlurb, que também está inaugurando outros. O objetivo da iniciativa é incentivar a população a fazer o descarte adequado do lixo, além de permitir que áreas degradas passem a contar com remoção regular feita por caminhões. Imprescindíveis para a organização e asseio do espaço urbano, os ecopontos também são importantes na melhoria da saúde pública e no combate aos vetores de doenças.

As unidades lançadas pela Prefeitura do Rio: Piscinão de Ramos (Ramos), Praia da Rosa e Boogie Woogie (Ilha do Governador), Costa Barros (Estrada de Botafogo), Manguinhos (Conjunto da Embratel), Teixeira Brandão (Colônia Juliano Moreira), Nova Esperança e Ayrton Senna (Gardênia Azul), Nova Divinéia (Grajaú), Mata Machado (Alto da Boa Vista), José de Arimatéa (Cidade de Deus), Leonel Brizola (Areal, Rio das Pedras), Vila Vintém (Padre Miguel), Muzema (Itanhangá), Engenheiro Souza Filho, Pinheiro e Curva do Pinheiro (Rio das Pedras), Morro do Cruz (Andaraí), Suipa (Jacarezinho), Servidão G7, Pantanal e Gilka Machado (Recreio dos Bandeirantes), Vila Aliança (Bangu) e Urucânia (Santa Cruz).

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rio fecha o ano com 25 ecopontos entregues pela Comlurb à população

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui