Rio ganha Programa Estadual de Segurança Aquática

O programa tem como objetivo evitar acidentes e mortes por afogamento, especialmente em unidades escolares e clubes esportivos

Reprodução Internet

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou o Projeto de Lei 9.901/22 que institui o Programa Estadual de Segurança Aquática voltado para instituições com piscinas, tanques aquáticos e similares. De autoria do deputado Brazão (União), o programa tem como objetivo evitar acidentes e mortes por afogamento, especialmente em unidades escolares e clubes esportivos. A medida foi sancionada pelo governador Cláudio Castro (PL) e publicada na edição extra do Diário Oficial da última quarta-feira (23).

Pelo programa, clubes e escolas deverão elaborar e divulgar práticas de segurança aquática destinadas a prevenir acidentes em piscinas, ambientes domésticos e águas abertas.

As ações poderão ser implementadas pelo Governo do Estado, através de parcerias com instituições esportivas e empresas do segmento.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui