Rio pode ganhar programa de esportes eletrônicos

O objetivo do projeto, que tem autoria do vereador Vitor Hugo, é promover a infraestrutura necessária para a realização de eventos de esportes eletrônicos na cidade

Foto de Soumil Kumar: https://www.pexels.com/pt-br/foto/foto-de-uma-pessoa-digitando-no-teclado-do-computador-735911/

Será analisado em 2ª discussão o PL 923/2021, que cria o Programa de Esportes Eletrônicos do Rio de Janeiro – Rio Games E-sports. O objetivo do texto, que tem autoria do vereador Vitor Hugo (MDB), é promover a infraestrutura necessária para a realização de eventos de esportes eletrônicos na cidade.

O programa se destina, prioritariamente, a estudantes a partir dos 14 anos, regularmente matriculados em escolas da rede de ensino pública ou privada, com o objetivo de promover o aperfeiçoamento da prática desportiva em termos recreativos e competitivos, favorecendo a cidadania, a transformação social e a geração de renda.

A proposta ainda dispõe sobre o combate à discriminação de gêneros, etnias, credos e ódio, retirando essa prática do mundo dos jogos eletrônicos, que na maioria das vezes são passadas subliminarmente aos jogadores.

A proposta é utilizar a educação e a tecnologia como estratégias para a inclusão digital e a formação de jovens com potencial competitivo em diferentes modalidades de desporto eletrônico, visando o seu desenvolvimento esportivo, intelectual e cultural”, explica o autor.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui