Rio receberá reunião de Cúpula do T20, grupo de política pública do G20

Evento será um dos vários que vão preceder a Reunião do G20

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Cristo Redentor - Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro sediará, em 2024, a reunião de cúpula do T20 (Think 20), um dos mais importantes grupos de engajamento do G20 – formado pela 20 maiores economias do mundo. A capital fluminese receberá a reunião de Cúpula do G20 nos dias 18 e 19 de novembro do ano que vem.

A decisão foi anunciada pelo presidente do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri), José Pio Borges, na abertura do seminário “Thinking 20, a Global Order for Tomorrow”, no Palácio da Cidade, em Botafogo, com a participação do economista e professor da Universidade de Columbia, Jeffrey Sachs, e do prefeito do Rio, Eduardo Paes.

O T20 é um “banco de ideias” para o G20, com especialistas de alto nível para discutir questões políticas relevantes e temas como macroeconomia, comércio internacional, digitalização tecnológica, energia limpa e multilateralismo.

“A retomada do protagonismo abre caminho para que o Rio, uma verdadeira cidade global, se faça ouvir nas discussões sobre a reforma do sistema financeiro internacional. E mais do que isso, para que possa assumir a tarefa de liderar as transformações necessárias nas cidades. O G20 é, neste momento, a nossa Olimpíada do PIB. As reuniões e a agenda reformista do grupo podem aproximar projetos e políticas públicas com seu financiamento. Com o G20, temos a chance histórica de receber, ao longo de um ano, tomadores de decisão que afetam a economia de todo o mundo”, afirmou Eduardo Paes.

Advertisement

As recomendações do T20 são apresentadas aos grupos de trabalho do G20, reuniões ministeriais e de cúpula de líderes para ajudar a definir medidas políticas concretas. No fim deste ano, o Brasil assume, pela primeira vez, a presidência do G20. A reunião de Cúpula do grupo também será no Rio de Janeiro, prevista para os dias 18 e 19 de novembro.

O governo federal definiu o Comitê Organizador do Think 20 Brasil (T20 Brasil), formado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a Fundação Alexandre de Gusmão (Funag) e o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri), que mobilizará centros de pesquisa e think tanks e contribuirá com a produção do pensamento estratégico dentro do G20.

O objetivo do seminário internacional “Thinking 20, a Global Order for Tomorrow” foi dar um passo na preparação do Brasil para a presidência do Think 20 (T20), em 2024. Por isso, uma das vozes mais importantes nas lutas a favor da sustentabilidade e contra a pobreza mundial, o economista e professor da Universidade de Columbia, Jeffrey Sachs.

“Minha proposta básica para o G20 é focar no que precisa ser feito, no que nós dissemos que precisa ser feito. Foquem nos objetos de desenvolvimento sustentável, no Acordo de Paris e na convenção de biodiversidade. E foquem nas necessidades financeiras de quem precisa”, afirmou Jeffrey Sachs.

Encontro da juventude

O Rio tambpém foi anunciado como a sede do encontro da Juventude do G20, conhecido pela sigla Y20, que também acontece em 2024.

Com a escolha, o Rio receberá, nos dias 18 e 19 de novembro do ano que vem, a reunião de Cúpula do G20 – o grupo das vinte maiores economias do mundo –, que tem onze grupos de engajamento que também farão encontros em 2024.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rio receberá reunião de Cúpula do T20, grupo de política pública do G20
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui