Rio registrou mais de 11 mil casos de dengue em 2022

Secretario de saúde afirma que inúmeros infectados tinham focos do mosquito dentro da própria residência

O Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue (Foto: Reprodução)

Em todo o Estado, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde do Rio, foram mais de 11 mil casos confirmados de Dengue em 2022 e 16 pessoas morreram em decorrência da doença. A Prefeitura do Rio também divulgou que no ano passado a capital fluminense registrou quatro mortes por Dengue, duas a mais do que em 2021, além de mais de 4.800 casos da doença – uma variação de quase 400% se comparado ao ano de 2021.

O secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, diz que de cada três cariocas que tiveram dengue, em 2022, pelo menos dois pacientes tinham focos do mosquito dentro da própria residência. Ainda de acordo com Soranz, um novo subtipo da doença, chamado de dengue 2, já circula pela cidade e a maioria dos cariocas é vulnerável a esse novo tipo.

Segundo o infectologista José Pozza, a vulnerabilidade da população aliada ao período do verão, estação mais quente do ano, formam a combinação ideal para a proliferação do subtipo 2 da dengue.

Ação de combate

Durante os fins de semana, mais de 7.500 agentes da Prefeitura do Rio vão realizar mutirões para combater os focos do mosquito Aedes aegypti. Somente no ano passado, mais de 1 milhão e 700 mil focos foram encontrados durante as ações. A população também pode pedir apoio de órgãos do governo municipal através do canal 1746.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui