Rio tem mais de mil apreensões e quase 500 multas de trânsito em fim de semana de pré-Carnaval

Ação da Prefeitura aconteceu tanto no sábado (20/01) quanto no domingo (21/01), em pontos da cidade que receberam blocos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Agentes da Seop em ação no Centro do Rio - Foto: Divulgação

A operação da Prefeitura do Rio de Janeiro do último fim de semana para os desfiles dos blocos na cidade e ensaios técnicos no Sambódromo registrou a apreensão de mais de mil produtos com ambulantes sem autorização e 493 multas de trânsito, além de 37 remoções de veículos por estacionamento irregular.

As ações contaram com o emprego de mais de mil agentes da Secretaria de Ordem Pública (Seop) e da Guarda Municipal (GM-Rio), sendo cerca de 800 destacados para atuação nos blocos, com foco no ordenamento urbano e do trânsito e também na coerção a delitos e crimes.

Entre os produtos apreendidos havia bebidas que seriam vendidas irregularmente (cervejas e líquidos em garrafas de vidro), diversos isopores e carrinhos de ambulantes ilegais, placa de publicidade, baldes, fogareiro, botijão de gás, caixa de som e seda.

A Seop também autuou e apreendeu o material promocional de duas empresas que não estão entre as patrocinadoras oficiais do Carnaval de rua do Rio, mas que, mesmo assim, fizeram ações de marketing nos blocos do último fim de semana.

Advertisement

Leia também

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

Vídeo: Raio atinge Cristo Redentor durante registro de visitante

No sábado (20/01), foi o Boticário, que fazia ativação no bloco Chame Gente, em São Conrado. Já no domingo (21/01), foi a vez da marca Ousadia, que se aventurou no megabloco Chá da Alice, no Centro. A Prefeitura ressalta que o Carnaval de rua possui seis patrocinadores oficiais aptos a fazer ativações previamente aprovadas pelo poder público.

As ações de trânsito contaram com a operação de bloqueios viários, orientação à travessia de pedestres e coerção a irregularidades com o objetivo de minimizar impactos no trânsito e agilizar a abertura das vias após o encerramento dos desfiles dos blocos. As 493 multas foram aplicadas em todas as regiões da cidade que contaram com eventos de Carnaval. A Guarda Municipal também registrou 81 auxílios a cidadãos, que compreendem ações como o socorro em casos emergenciais de mal súbito e acidentes em geral ou informações para turistas e demais foliões. Não houve registro de prisões.

Durante o Carnaval 2024, a Seop e a Guarda Municipal vão empregar três mil agentes, sendo 1.500 em ações de trânsito. A operação é dinâmica e pode sofrer alterações em caso de mudanças no cronograma dos desfiles. A GM-Rio também realizará distribuição de pulseiras de identificação para crianças em desfiles de blocos infantis. Além disso, equipes da Ronda Maria da Penha vão atuar em desfiles de megablocos na cidade, com foco na coerção a atos de violência contra a mulher.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rio tem mais de mil apreensões e quase 500 multas de trânsito em fim de semana de pré-Carnaval

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui