Rio terá água potável grátis durante o verão em variados pontos da cidade

Estações de hidratação serão instaladas em mais de 20 locais entre as zonas Sul e Norte; primeiro equipamento foi colocado no Parque Garota de Ipanema

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Flávia Vitoi em estação de hidratação no Parque Garota de Ipanema - Foto: Divulgação

Devido ao intenso calor recente e que deve se postergar nos próximos meses, o Rio de Janeiro ganhou uma novidade para ajudar a aliviar a sede nas ruas. A capital fluminense terá, durante todo o verão, equipamentos espalhados em pontos variados, como parques, praças e praias, com água potável e gelada disponível gratuitamente.

A pessoa interessada em se refrescar nas estações deverá apontar a câmera do celular para o QR Code que haverá no local, se cadastrar e selecionar a quantidade de água desejada, aproximando seu copo ou garrafinha.

Vale ressaltar que o projeto é uma iniciativa da Mude, que possui academias ao ar livre na cidade, em parceria com a Prefeitura e a RefilMe, empresa de soluções de hidratação.

O primeiro equipamento foi instalado no Parque Garota de Ipanema, em frente à Praia do Arpoador. As outras 25 estações serão colocadas entre a própria Zona Sul e a Zona Norte, a partir de janeiro, em locais onde a Mude já possui espaços de bem-estar.

Advertisement

Como surgiu a ideia

A ideia para criar a RefilMe surgiu durante uma viagem das irmãs e engenheiras Isabela e Flávia Vitoi, que se incomodaram com o número de garrafas plásticas usadas por elas no período de estadia.

A parceria com a Mude, por sua vez, surgiu quando Flávia passou a ir a aulas de ioga gratuitas oferecidas pela empresa na Praia de Ipanema e em outros pontos do Rio e do Brasil.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rio terá água potável grátis durante o verão em variados pontos da cidade
Advertisement

13 COMENTÁRIOS

  1. Os bairros mais quentes do Rio estão na zona norte e zona oeste, onde com certeza tem mais gente sem dinheiro pra pagar água toda hora, que fica mais tempo na rua (não em shoppings climatizados), em lugares um volume muito grande de gente e muito provavelmente com maior número de ocorrência de pessoas passando mal por calor. Daí colocam 3 “bebedouros”, 2 na zona sul e 1 na zona norte… Não me parece ser algo muito inteligente, sem falar de que vai virar chamariz pra assalto. E quem fala q é só pedir água da bica em qqr comércio, deixa de ser hipócrita, todo mundo aqui sabe que virá, no mínimo, cuspida ou em copo sujo.

  2. Tudo que o estado faz é mal feito. E os contribuintes vão arcar com mais esse absurdo e um monte de gente achando que deveria ser do seu jeito. Deixa do jeito que está que é melhor.

  3. Morador de rua tem celular..?
    O trabalhador de rua vai fazer como?
    Os mais necessitados não terão acesso ao líquido precioso. Que terá livre servir são os com mais condições, sempre favorecendo os mais abastados…
    Além de usuário ficar exposto aos trombadinhas que ficaram de olho no celular?

  4. Pessoal aí dos comentários esquece que vc pode conseguir água “sem precisar de celular” e “de graça” pedindo em bares e restaurantes. Eles são obrigados por lei a dar água potável a quem pedir. Se vc não quiser sacar o celular pra apontar o qr code pra pegar água, não saque e não corra o risco de ser assaltado, simples assim. Mas por que perder tempo criticando efusivamente uma medida legal da Prefeitura e seus parceiros? Eu hein

  5. Mais elitista que precisar de smartphone e internet para conseguir ÁGUA (uma necessidade humana básica), no calor carioca, só esses comentários falando que não daria certo em determinados bairros e que comerciantes iriam quebrar as máquinas.

  6. Poxa, porque só até a zona norte? A zona oeste é parte mais quente do RJ! Alô, alô autoridades olhai por nós aqui de Bangu, Campo Grande, Guaratiba,Santa Cruz…

  7. Isso não deveria ser básico em qualquer cidade? Ter bebedouros grátis? Pois se você precisa de celular pra beber, não é grátis. Em SP tem de graça e já faz tempo. Não precisa de celular. Chegou, bebeu.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui