Rio terá primeiro Carnaval sustentável do estado

Cultura do Estado firma parceria com Prefeitura de Cachoeiras de Macacu para reutilizar fantasias do último Carnaval

Grupo Especial -Sambódromo - Terceiro dia do Carnaval 2022 (Foto - Marco Antonio Teixeira)

Em uma parceria entre a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Sececrj) e o projeto Sustenta Carnaval, a cidade de Cachoeiras de Macacu, na Região Metropolitana, terá o primeiro carnaval sustentável do Rio. A ação envolve a reutilização de resíduos têxteis provenientes das fantasias coletadas no Carnaval 2022, durante os desfiles das Escolas de Samba das Séries Ouro e Especial, na área de dispersão da Marquês de Sapucaí.

O Carnaval, para além da grande festa na avenida e nas ruas, é também uma forma de dar visibilidade a todas as causas e lutas. Aliar cultura e sustentabilidade para apoiar o carnaval no interior do estado é um golaço do governador Cláudio Castro, que tem enorme preocupação com todos os 92 municípios. Temos esse projeto piloto com Cachoeiras de Macacu e podemos pensar em caminhos para outras cidades”, destacou a Secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio, Danielle Barros.

Além do pioneirismo, Cachoeiras  (considerada a capital ecológica do Rio de Janeiro, com cerca de 54% de mata atlântica preservada) servirá de exemplo para inspirar novos municípios nas práticas e ações de economia circular, que garanta acesso à reutilização desses insumos em produções artísticas e /ou educacionais.

O município que possui em seu território uma ampla cobertura vegetal, abrigando cerca de 60% da maior unidade de conservação do Estado, o Parque Estadual dos Três Picos, e que é responsável pelo abastecimento com água de qualidade para mais de 2,5 milhões de pessoas, precisa seguir investindo na sustentabilidade. A cidade detém o maior ICMS Verde do Estado e essa iniciativa contribui para nortear nosso trabalho. Além disso, temos um dos carnavais de rua mais tradicionais do Estado. Portanto, unir essas duas potencialidades da nossa terra é uma honra e grande alegria pra nós”, afirmou o prefeito de Cachoeiras de Macacu, Rafael Miranda.

Para Mariana Pinho, idealizadora do projeto Sustenta Carnaval, a conscientização ambiental no carnaval é uma pauta que precisa avançar nos próximos anos. Com a primeira doação, que reuniu mais de 100 quilos de material, serão neutralizados na bioesfera 4,5 mil quilos de CO²eq.

Estamos fazendo um trabalho em parceria e diálogo com todo segmento da indústria criativa do Carnaval para que a sustentabilidade seja uma pauta para além do enredo, mas que envolva cada vez mais a cultura e todas as etapas da festa”, disse.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui