RJ pode ter plano estratégico de videomonitoramento de rodovias

Os editais de concessão deverão prever a instalação de sistema de videomonitoramento de veículos, integrado com os órgãos estaduais de Segurança Pública

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Banco de Imagem/Divulgação Alerj

A Lei 10.200/23 que cria o Plano Estratégico de Videomonitoramento, com instalação de câmeras nas estradas e rodovias concedidas, foi sancionada pelo governador Cláudio Castro e publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (06/12). A norma é de autoria dos deputados Anderson Moraes (PL), Rosenverg Reis (MDB) e Zeidan (PT).

O programa poderá subsidiar os órgãos de segurança pública do estado, auxiliando na identificação e monitoramento de manchas criminais nas rodovias estaduais. As imagens poderão estar integradas ao centro de monitoramento geridos pelos órgãos de Estado.

Os editais de concessão deverão prever a instalação de sistema de videomonitoramento de veículos, integrado com os órgãos estaduais de Segurança Pública. Nas concessões já existentes, realizado prévio estudo de impacto econômico-financeiro, o Poder Executivo poderá aditar o contrato ou promover formas de benefícios que viabilizem a implementação da medida.

Direito à privacidade

Advertisement

O projeto proíbe o uso do sistema para focalizar o interior dos veículos e com muita aproximação da visão do agente, de forma a caracterizar a violação da privacidade e do direito à intimidade, reiterando as garantias da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) – Lei Federal 13.709/18.

Também será proibida eventual veiculação das imagens captadas pelas câmeras de videomonitoramento, sem justa causa e prévia autorização judicial

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp RJ pode ter plano estratégico de videomonitoramento de rodovias
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui