RJ prorroga lei de cotas para negros e índios em concursos públicos até 2081

A medida foi sancionada pelo governador Cláudio Castro e publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (15/09)

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Octacílio Barbosa | Texto: Comunicação Social

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) prorrogou, até 2081, a reserva de 20% das vagas nos concursos públicos para negros e indígenas em cargos efetivos e empregos públicos dos Poderes Legislativo e Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas, da Defensoria Pública, além dos órgãos de administração direta e indireta do Poder Executivo. A determinação é da Lei 9.852/22, de autoria do Poder Executivo, que foi sancionada pelo governador Cláudio Castro e publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (15/09).

De acordo com a norma, a nomeação dos candidatos aprovados será de acordo com a ordem de classificação geral no concurso, mas a cada cinco candidatos, a quinta vaga fica destinada a candidato negro ou indígena aprovado, de acordo com a sua ordem de classificação.

Além da prorrogação da lei afirmativa por mais 60 anos, a norma estabelece que a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos promova o acompanhamento dos resultados e produza relatório conclusivo a cada dois anos.

O objetivo da reserva de vagas para minorias étnicas e raciais em concursos públicos é a garantia à proteção aos direitos fundamentais e ao princípio da igualdade. Além disso, o texto afirma que, com negros e indígenas em cargos públicos, nos próximos anos, haverá um avanço significativo na redução das desigualdades raciais e sociais.

Advertisement

Leia também

10 coisas que só quem anda de ônibus no RJ vai entender

Polícia Militar planeja ampliar sistema de reconhecimento facial para 650 câmeras no RJ

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp RJ prorroga lei de cotas para negros e índios em concursos públicos até 2081

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui