RJ registra dez novos casos de varíola dos macacos em 24 horas

Estado fluminense tem um total de 1.203 infectados e 92,6% dos pacientes contaminados pela doença são homens, entre 20 e 39 anos; até o momento, três óbitos foram contabilizados pela SES desde o início do surto

Foto: Débora F. Barreto-Vieira/IOC/Fiocruz

Na última terça-feira, (25/10), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) registrou dez novos casos de varíola dos macacos (monkeypox) no estado do Rio, totalizando 1.203 pacientes infectados. Até o momento, três óbitos foram contabilizados, sendo o primeiro em Campos do Goytacazes, em agosto, o segundo em Mesquita, em outubro e o terceiro, também em outubro, em São João de Meriti.

Os 10 novos casos confirmados foram registrados na Região Metropolitana I que totaliza 1.108 pacientes infectados. Enquanto Região Metropolitana II, permanece com 128, a Baixada Litorânea 13, Médio Paraíba 10, Região Serrana 7, Norte Fluminense 4, Baía de Ilha Grande, 3, Noroeste do Estado do Rio 2, Centro Sul 1, e não informados 17.

De acordo com dados são do Centro de Informações Estratégicas e Resposta de Vigilância em Saúde (CIEVS-RJ) noestado 2.508 casos foram descartados e 4.242 notificados. As cinco pessoas em tratamento com Tecovirimat estão com o procedimento concluído.

92,6% dos infectados são homens, um total de 1.114 contaminados. Além disso, são 844 casos em pessoas entre 20 e 39 anos.

Varíola e cuidados

A varíola dos macacos é uma “doença febril” aguda, que ocorre de forma parecida à da varíola humana. O paciente pode ter febre, dor de cabeça, nos músculos e nas costas. As lesões na pele se desenvolvem inicialmente no rosto para, depois, se espalhar para outras partes do corpo, inclusive genitais.

A varíola pode ser transmitida pelo contato com gotículas exaladas por alguém infectado (humano ou animal) ou pelo contato com as lesões na pele causadas pela doença ou por materiais contaminados, como roupas e lençóis, informa o Butantan. Uma medida para evitar a exposição ao vírus é a higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui