RJ tem aumento de 54% nos casos de leptospirose

Até o dia 20 de fevereiro foram 302 casos de leptospirose, que equivale a um aumento de 54%, comparado ao mesmo período do ano passado

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Ruas alagaram em Belford Roxo | Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo

De acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o número de casos de leptospirose passou por um aumento no estado do Rio de Janeiro. Até o dia 20 de fevereiro foram 302 casos de leptospirose, que equivale a um aumento de 54%, comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram 196 casos.

Moradores de municípios da Baixada Fluminense estão entre os mais afetados. Em Belford Roxo, 60 casos foram registrados em menos de 60 dias. Em Nova Iguaçu, 6 pessoas tiveram leptospirose, duas delas morreram em decorrência da doença. Em São João de Meriti, os números também aumentaram. Em janeiro e fevereiro, foram 11 casos e uma morte.

A leptospirose geralmente é transmitida por água de chuva contaminada com urina de alguns animais.

A Prefeitura de Belford Roxo informou que agentes de vigilância epidemiológica visitam diariamente residências e informam aos moradores os cuidados contra a leptospirose, além de fazerem tratamento preventivo para evitar a proliferação de ratos. A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Iguaçu disse que faz vistorias pela cidade e promove palestras de orientação à população sobre a doença e exposição à água das chuvas. Já a Subsecretaria de Vigilância em Saúde de São João de Meriti também faz um trabalho de orientação e alerta à população e de recolhimento de lixo pós chuvas para evitar novos focos de roedores.

Advertisement

A Secretaria Estadual de Saúde afirmou que tem realizado monitoramento permanente com o uso de tecnologia do centro de inteligência em saúde e uma série de ações de apoio e treinamento aos municípios.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp RJ tem aumento de 54% nos casos de leptospirose
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui