Rock in Rio 2022 realizou grande aquecimento nesta terça

O preview mostrou a Cidade do Rock pronta para receber as 700 mil pessoas que vão passar pelo Rock in Rio 2022

Foto: Diego Padilha

A equipe do Rock in Rio recebeu convidados nesta terça-feira, 30 /8, no evento-teste que antecede a abertura oficial de portões. O preview mostrou a Cidade do Rock pronta para receber as 700 mil pessoas que vão passar pelo festival durante os sete dias de evento. Em pesquisa presencial conduzida pelo instituto GFK durante o preview, a nota do público para a experiência Rock in Rio foi de 9.3.

Na tarde desta terça-feira, o público presente pôde aproveitar todos os brinquedos, conhecer a gastronomia dos espaços, conferir em primeira mão as novidades das arenas da NAVE, Uirapuru e Gameplay Arena, ver de perto as cenografias emblemáticas da Rock Street Mediterrâneo e os grafites da Rock District. A música esteve presente por meio dos shows de Criolo, no Palco Sunset, interpretando a música tema de “The Town”, que acontece em São Paulo em setembro de 2023 e é produzido pelos mesmos criadores do Rock in Rio, além dos shows de Ferrugem, no Espaço Favela, Rodrigo Sha, na Rock District, MAZ, no New Dance Order, além de Wc No Beat e convidados, no Supernova.

A imprensa se reuniu na GamePlay Arena para a coletiva oficial do Rock in Rio, que antecedeu a abertura de portas para o evento-teste. Na cerimônia, o prefeito Eduardo Paes, e o criador e presidente do Rock in Rio, Roberto Medina, falaram sobre a expectativa do Dia do Reencontro (2 de setembro) e a abertura dos portões. Luis Justo, CEO do Rock in Rio; Roberta Medina, vice-presidente Executiva do Rock in Rio e o diretor de marketing do Itaú, Eduardo Tracanella, apresentaram a Cidade do Rock e todas as novidades da maior e melhor edição de todos os tempos. O encerramento da noite foi no Palco Mundo com um verdadeiro espetáculo de pirotecnia e luzes.

Formada por 22 áreas dentro de 385 mil m2 de atividades para o público, a Cidade do Rock abriu no preview deixando um gostinho do que estar por vir daqui. O público presente se divertiu em todos os brinquedos: Roda-Gigante, Montanhas Russas, Tirolesa, Discovery e Megadrop, além do Carrossel. As arenas também foram destaques do dia: a NAVE promoveu uma sessão especial, com uma verdadeira imersão na Amazônia Contemporânea e um grande show de projeções e músicas no barco aparelhagem instalado no local. Já o Uirapuru, arrancou suspiros de quem acompanhou a primeira sessão aberta e emocionou toda a plateia com o espetáculo que conta a mágica lenda de um pássaro indígena. A nova e remodelada Gameplay Arena mostrou um pouco de como os games e a música podem se misturar de uma forma única e especial. Os fãs de games ainda puderam aproveitar para jogar o novo lançamento do Rock in Rio, a experiência do festival no Metaverso, o Rock in Verse, em um dos muitos videogames instalados no local.

O entardecer na Cidade do Rock deu início com as atividades na Rock Street Mediterrâneo, que este ano foi composta por elementos e detalhes que fazem referências aos diversos países da região, como França, Espanha, Itália, Grécia e Portugal. O público pôde conferir de perto o show do guitarrista brasileiro Wallace Oliveira em seu estilo de guitarra portuguesa, além de uma apresentação de dança de rua em homenagem a Espanha e Portugal. Já na Rock District, o saxofonista Rodrigo Sha agitou todo os presentes. As pessoas também conferiram uma prévia do show que o cantor Ferrugem fará no Espaço Favela, em curta apresentação performada no local. Outra grande atração do dia foi o ensaio do rapper Criolo no Palco Sunset, que além de cantar seus maiores sucessos, também fez uma performance do trap que compôs especialmente para o festival “The Town”. Já no New Dance Order, o DJ MAZ colocou a galera para dançar, aquecendo as picapes para o palco com um setlist repleto de sucessos. 

Fechando a noite do preview em grande estilo, o Rock in Rio preparou um espetáculo pirotécnico no Palco Mundo junto com um teste de luz que iluminou a Cidade do Rock. Com a sua icônica música tema tocando na saída, o público já sentiu o gosto de como é ter o mundo outra vez.

Serão 28 mil pessoas trabalhando diretamente na área de 385 mil m2 que receberá mais de 1.255 artistas — contando com cantores, músicos, bailarinos, artistas visuais, projetistas, grafiteiros, entre outros —, 300 shows, 5 brinquedos gigantes, 200 ativações de marcas e restaurantes, 243 mil produtos à venda, 100 câmeras de transmissão e 30 apresentadores que, juntos, somam 507 horas de experiência pelo festival. Os números da Cidade do Rock impressionam e, a partir do dia 2 de setembro, os fãs do Rock in Rio já poderão aproveitar cada um dos 19 espaços abertos ao público, entre eles a NAVE, que conta com 50 artistas e, a arena Uirapuru, onde se apresentarão 30 bailarinos e 23 músicos.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui