Roda de samba da Glória pode se tornar Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Rio

Autor da proposta, o vereador Marcio Santos (PRD) destacou que esta roda de samba completa 18 anos em 2024

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução/Facebook

Foi aprovado em 1ª discussão o projeto de lei 2039/2023, que declara como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial da Cidade do Rio de Janeiro a Gloriosa Roda de Samba do Bairro Histórico da Glória. Autor da proposta, o vereador Marcio Santos (PRD) destacou que esta roda de samba completa 18 anos em 2024. 

Em 08 de novembro de 2005 na calçada da Rua da Glória, no bairro histórico da Glória no Rio de Janeiro, alguns amigos se juntaram para fazer o que mais gostavam, bater papo, tomar uma gelada e fazer um samba. Nunca iriam imaginar que desse encontro, surgiria a atual Gloriosa Roda de Samba. Henrique de Souza, agitador cultural, Arnaldinho, que hoje já toca seu tantan lá no céu e o mestre Paulão 7 Cordas, diretor musical do cantor Zeca Pagodinho, são reconhecidos pelo belíssimo trabalho tanto cultural como social que desenvolvem no bairro”, disse.

A Gloriosa, junta cultura, gastronomia e moda, fomentando o fluxo econômico da localidade e sendo um encontro de muitos bambas do samba”, completou o parlamentar.

Aprovada em 1ª discussão, a matéria será votada novamente.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Roda de samba da Glória pode se tornar Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Rio
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Roda de samba da Glória pode se tornar Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Rio
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Voces sao contra o camelô trabalhar mas adoram babar o ovo de uma zona sul que vive numa bolha assistindo a miseria desse estado tentando sobreviver. Um completo desserviço e um pessimo jornalismo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui