Rodrigo Amorim quer bandeira do Império no Palácio Tiradentes

Deputado estadual Rodrigo Amorim apresentou projeto de lei obrigando o hasteamento da bandeira do Brasil Império no Palácio Tiradentes

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: TJMS

A Proclamação da República de 1889 foi um Golpe Militar, o povo não queria e nem Deodoro da Fonseca sabia direito o que estava fazendo (e sim, sou monarquista). E ao que tudo indica, o deputado estadual Rodrigo Amorim também é simpático aos ideais monárquicos, pois, ele apresentou o Projeto de Lei Nº 544/2023, obrigando o hasteamento da Bandeira do Império do Brasil no Palácio Tiradentes, no topo de um mastro especial plantado na fachada, como símbolo de reconhecimento aos ideais libertários e de respeito à Constituição.

E no dia 18 de setembro, quando Dom Pedro I a tornou uma decisão oficial do Brasil, ela seria hasteada ao meio-dia, com solenidades especiais, como acontece com a atual bandeira da República. E todos os dias a noite a bandeira terá iluminação especial.

Amorim justifica que o local onde está hoje, no Palácio Tiradentes, é um sítio histórico que guarda – desde os tempos do Brasil Colônia – grande parte da memória política do Brasil. O Palácio Tiradentes em si é um local que guarda a memória do parlamento brasileiro, assim nada mais adequado que ter a bandeira do Império do Brasil hasteada em sua fachada.

Isso porque a bandeira do Império do Brasil é um dos símbolos de maior importância de nosso país e merece ser mantido e respeitado, como sinal de reconhecimento aos ideais libertários e de respeito à Constituição.

Advertisement

Leia também

Custas judiciais aumentaram 45% no estado do Rio de Janeiro nos últimos dois anos

Proposta do BNDES para o Centro do Rio inclui calçadões e parque no Canal do Mangue

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rodrigo Amorim quer bandeira do Império no Palácio Tiradentes

Advertisement

12 COMENTÁRIOS

  1. Esse sabe-se lá o que de parlamente pendure a bandeira do império dentro da casa dele.
    Em repartição pública alguma pode ser pendurada bandeira do império senão com vistas a retratar como fato histórico num museu.

  2. Não acho que a bandeira do Brasil Império deve se ser hasteada no Palácio Tiradentes ,pois esse época já passou a tempos em 1889 . Só seria uma lembrança pois ninguém que passa por lá repara o que esta no alto do mastro , apenas nas coisas que são feitas lá dentro e diga se nem sempre bem feitas , por isso considero um desperdício muito grande , Se fosse bom quando houve aquela eleição para escolhermos que regime politico queríamos o Império ou Monarquia não deu nem para saída . Portanto esqueça a essa ideia .

  3. Parabéns ao nobre deputado e ao jornalista por esta matéria. Se Deus, o grande misericordioso me permitir, ainda vejo essa bandeira hasteada novamente no Rio de Janeiro, capital do Império.

  4. Monarquista ou republicano, não vejo problema algum em colocar a bandeira do Império no Palácio Tiradentes, embora o atual edifício que substitui a antiga cadeia seja um dos símbolos da República do Brasil. Naturalmente não deve substituir a atual bandeira, mas “reconciliar” a memória. Aliás, memória e reconciliação são conceitos de conflito no Brasil. E com a proliferação das “ideologias de agenda” (esquerda ou direita, não importa) há um progressivo apagar das ciências, sobretudo as sociais.

  5. Podemos ver a incoerência do nobre jornalista. Quando a Dani Balbi apresentou um projeto de lei (irrelevante, fique claro) querendo mudar o nome de uma escola (de Colégio Estadual Presidente Castelo Branco para Colégio Estadual Guerreiro Ramos) ele chiou, acusou a esquerda de “revisionismo”, de “querer dividir o país” e outras coisas. Mas para o projeto irrelevante do Rodrigo Amorim ele bate palmas. Isso não é “revisionismo”, nem “divide o país”. Curioso, já que o Império acabou e todas as tentativas dos “monarquistas” em trazê-lo de volta terminaram em derrota. Perderam em 1993 e vão perder, não pelo fato da República ser perfeita (há diversas falhas), mas pela própria incompetência. Já existem livros, museus, filmes, séries e até novelas pra lembrar do Brasil Império. Hastear bandeira de algo que foi extinto em 1889? Desnecessário. OBS: Pelo menos vejo que o autor voltou a escrever, depois da situação triste que ocorreu com ele. Tomara que esteja tudo bem.

  6. Grande dia!
    Trazendo novamente a cultura e o conhecimento e o reconhecimento do Golpe Republicano.
    A República e a Desgraça são a mesma coisa.

    Que a verdadeira Bandeira do Brasil independente seja símbolo para que conduzamos nosso país a melhores ventos, extirpando o lixo que esta república de bananas vem produzindo desde que aqui se instalou, como um câncer no seio da nação e desvirtuando todas as grandes virtudes que tínhamos.

    Ave Império do Brasil!

  7. É impressionante como esse Quintino é um inútil…pqp…se não fosse outras seções do site q são realmente interessantes, já tinha largado esse veículo.
    Mas como eu gostaria de lhe dizer umas boas verdades na cara desse imbecil. Doido pra lhe encontrar na pista e mandar vc tomar no cu, seu elitista filho da puta!

    • Cadu, por que tanto ódio, tanta raiva? Não jogue em mim suas frustrações devido ao fracasso em sua profissão.
      Comece um blog, se dedique a ele, transforme em um jornal, mostre que ele tem capacidade de lucro, consiga investidores.
      Hoje não há um jornal com tendências a esquerda no Rio, tem espaço aberto, só se dedicar. Mas precisa de capacidade. competência e dedicação, não é fácil.
      E quanto a me xingar, já fui chamado de coisas piores pessoalmente, e não acho nada ruim ser filho da puta, é uma profissão digna que muitas mulheres se submetem para sustentarem suas famílias. Bem, mas depois eu que sou elitista, né…

  8. Isso só comprova que temos parlamentares DEMAIS, ganhando DEMAIS para não produzir absolutamente NADA de útil para o país, para os estados e para os municípios. Se fizermos uma pesquisa séria, veremos que a maioria ABSOLUTA deveria ter seus mandatos cassados por completa inutilidade e prejuízo aos cofres públicos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui