Rodrigo Neves chama de ‘tragédia social’ evasão escolar da rede estadual de ensino

Para Neves, a evasão é escolar é um mal de amplas consequências, impactando indicadores da economia e da Segurança Pública no Estado

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Rodrigo Neves (PDT) durante visita a um CIEP abandonado em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense / Foto: Alex Ramos

“Tragédia social”, assim classificou Rodrigo Neves (PDT), candidato ao Governo do Estado do Rio de Janeiro, a evasão escolar da rede estadual de ensino. Neves esteve, nesta quarta-feira (28), em um CIEP abandonado em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e falou sobre os seus planos para a pasta da Educação que, segundo ele, carece de uma boa gestão. Ele lembrou que, nos últimos quatro anos, o Estado teve cinco secretários de Educação. Para ele tal instabilidade inviabiliza a execução de uma política pública eficiente. Após a visita, o ex-prefeito de Niterói seguiu para uma caminhada no Centro do município.

Para o candidato pedetista, a evasão é escolar é um mal de amplas consequências, impactando indicadores da economia e da Segurança Pública no Estado.

“Não podemos perder a capacidade de nos indignarmos com uma situação como esta aqui: um CIEP abandonado, enquanto temos quase 40% dos jovens de 15 a 20 anos no estado do Rio de Janeiro que não estudam e não trabalham. Isso por si só já é uma tragédia social, mas é ainda uma tragédia econômica, porque estamos deixando de formar pessoas para o mercado de trabalho, e é também uma tragédia do ponto de vista da Segurança Pública, pois impacta diretamente na violência, na marginalização social da juventude”, afirmou Rodrigo Neves.

A reconstrução de todos os CIEPs abandonados é uma das propostas do pedetista. Além disso, ele pretende duplicar os investimentos na rede de Ensino Técnico e Profissionalizante do Rio de Janeiro. As crianças também serão contempladas, em caso de vitória, com a realização de parcerias com municípios para a garantia de creche integral.

Advertisement

Leia também

Polícia Militar planeja ampliar sistema de reconhecimento facial para 650 câmeras no RJ

AquaRio promove primeira sessão para pessoas com Autismo

“Em nenhum outro Estado caiu tanto de qualidade no Enem, no Ensino Médio, como no Rio. E a pergunta que fica é: como um estado que tem institutos de excelência como a Coppe, da UFRJ, e o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Petrobras, convive com os piores índices educacionais do ensino médio no Brasil?”, indagou o candidato pedetista.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Rodrigo Neves chama de 'tragédia social' evasão escolar da rede estadual de ensino

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui