Rodrigo Neves propõe mais segurança para bairros residenciais

Neste feriado pelo Dia da Independência, candidato a governador participou de carreatas na Baixada e em São Gonçalo

Rodrigo Neves e Zaqueu - Carreata em Queimados - crédito Alex Ramos

O candidato a governador do estado do Rio de Janeiro pelo PDT, Rodrigo Neves, participou nesta quarta-feira, 7 de setembro, Dia da Independência, de três carreatas que transitaram por bairros em Duque de Caxias e Queimados, na Baixada Fluminense, e no Jardim Catarina, em São Gonçalo. Falando ao povo em um carro de som, o candidato comentou os problemas da Segurança Pública e apresentou propostas para diminuir a violência urbana.

Hoje as pessoas estão sendo assaltadas à luz do dia, no ponto do ônibus, em qualquer esquina, seja rico ou seja pobre. Por isso o policiamento nas ruas precisa voltar a ser prioridade. A polícia precisa estar próxima do povo, nos bairros residenciais, no entorno das praças, das escolas, das igrejas, dos clubes, dos shoppings… e é isso que nós vamos fazer em nosso governo”, comentou o pedetista.

Segundo Rodrigo Neves, é preciso também valorizar a Polícia Civil e a Polícia Militar. “Vamos fazer um choque de gestão na Segurança Pública, com inteligência, planejamento, estratégia e valorização dos policiais militares, civis e demais servidores da Segurança Pública, para de forma gradual retomarmos os territórios dominados pela milícia e pelo tráfico de drogas”, explicou.

O candidato a governador pelo PDT garantiu que vai recriar a Secretaria de Segurança Pública a partir de um modelo de gestão que garanta a autonomia administrativa, financeira e de planejamento da Polícia Militar e da Polícia Civil. “Vamos integrar as ações policiais do estado e fortalecer o diálogo com o governo federal, com as prefeituras e guardas municipais. Vamos investir em vigilância, como eu fiz em Niterói: criando Centros Integrados de Segurança Pública nas cidades-polo de todas as regiões do estado para que o policiamento seja mais efetivo”.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui