Saiba as Formas de Ganhar Dinheiro com a Venda de Imagens Pela Internet

Uma das modalidades de negócios que tem chamado atenção dos iniciantes no mercado digital é a venda de imagens

Fonte: Freepik

De acordo com o relatório de setembro de 2022 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), feita pelo Instituto Brasileiro de Economia e Estatística (IBGE), o trabalho informal aumentou consideravelmente nos últimos períodos. São 39,307 milhões de brasileiros inseridos nessa categoria, em contagem feita até agosto.

Entre eles, existem pessoas que encontram no digital uma forma de faturar a grana extra para as contas do mês ou o utilizam como trabalho principal, fazendo da internet uma forma de sustento e liberdade. 

Uma das modalidades de negócios que tem chamado atenção dos iniciantes no mercado digital é a venda de imagens, uma opção interessante tanto para amadores quanto para profissionais do ramo da fotografia.

Fotos para lojas de e-commerce

Os entusiastas da fotografia têm, no e-commerce (modalidade de comércio onde as vendas são transacionadas pela internet e os produtos físicos enviados pelos Correios ou outras transportadoras), uma excelente forma de obtenção de lucros, afinal, quem tem uma loja virtual, precisa expor novidades com frequência – o que significa uma demanda quase infinita para os profissionais e, claro, para quem gosta de aparecer nas fotografias, também.

O mercado de fotos de jóias e bijuterias é um dos segmentos em que o fotógrafo pode registrar diversos modelos, desde fotos que apresentem apenas as peças vendidas pela loja virtual, como de fotos em pessoas, exibindo formas de utilizar as joias.

Bruna Bozano, especialista em e-commerce, explica que é muito comum que pessoas “anônimas”, que não tem experiência como modelos, por exemplo, prestem serviços fotográficos para diversos sites desse nicho.

Uma pessoa que gosta de se autofotografar pode vender inúmeras fotografias de mãos com aneis e pulseiras, do rosto para exibir brincos, ou um pack do pé com tornozeleiras, por exemplo.

Isso funciona porque pessoas compram de pessoas. Fotos extremamente produzidas já não causam mais o efeito que uma foto compartilhada por uma pessoa “comum” pode causar.

Algumas fotografias, ainda que caseiras, são ótimas formas de mostrar o caimento de uma roupa ou uma joia, e é válido, inclusive, chamar algum colega ou familiar para ajudar a fazê-las.

A edição de imagens também é um recurso para ser explorado. Os fotógrafos que possuem um conhecimento mais avançado, podem aproveitar essa habilidade e agregar a edição no conjunto do portfólio para venda.

Além da moda, que talvez seja o que há de mais democrático no quesito de fotografias amadoras para a internet, existem diversos outros nichos para serem explorados, e os que são focados em tipos específicos de produtos costumam, inclusive, ser mais lucrativos.

O fundo específico, a posição e a luz são itens estratégicos nas fotografias focadas na atração do consumidor para a compra de itens de casa, eletrodomésticos e eletrônicos, desde uma geladeira até itens de entretenimento como um televisor 4K ou um Htv h8.

Venda de imagens para banco de dados

O leque de opções se abre ainda mais quando o assunto é venda de imagens para bancos de dados, sites que funcionam como um grande acervo para a busca e uso de imagens para diversos tipos de negócios e oferecem todo tipo de fotografia que se pode imaginar, atendendo desde empresas que vendem serviços de limpeza a agências de turismo que comercializam pacote de viagens.

Aliás, o nicho das viagens é um dos que mais se utiliza das fotografias desses bancos, já que seria muito caro para as empresas do segmento fazer as próprias imagens.

Dentro do sistema de banco de dados, o processo funciona a partir da liberação de uso da imagem para o público, no estilo royalty free, o mesmo licenciamento usado para músicas, para fins comerciais. 

Esse tipo de licenciamento é uma opção frente ao copyright, onde há a proibição de qualquer tipo de uso por parte de quem não possui os direitos do produto.

A licença também pode ser definida pelo próprio criador, limitando o tipo de uso. Os meios podem variar entre a simples distribuição do conteúdo, transformação, ou reprodução da fotografia.

Cada tipo de banco de dados pode apresentar alguns diferenciais, mas, no geral, os caminhos são os mesmos. As plataformas mais conhecidas são:

  • Shutterstock;
  • iStock Photo;
  • Adobe Stock.

Shutterstock

A plataforma nova iorquina abriga vídeos e áudios, mas é a maior de todas quando o assunto é banco de imagens. São mais de 300 milhões de fotografias disponíveis para diversos usos. A própria empresa diz que em 15 anos foram pagos mais de 1 bilhão de dólares para os criadores de conteúdo.

O sistema da plataforma, portanto, é em dólar, aumentando a vantagem para quem escolhe usá-la. Um pacote de 5 imagens custa 49 dólares a cada download feito pelo usuário, que recebe uma licença para usar as fotografias ou vídeos.

iStock 

O iStock é canadense e, assim como o Shutter Stock, providencia um acervo com ilustrações, vídeos e fotografias diversas para a compra de interessados. A plataforma também faz parte do banco de dados Getty Images.

O diferencial dele está na forma do pagamento onde é possível optar por créditos ou pela assinatura, com preços diferenciados em cada um e cada criador recebe cerca de 15% por cada compra realizada.

Adobe Stock

Como indica o próprio nome, o Adobe Stock é o acervo de imagens do Adobe. Criadores de conteúdo com fotografias, trechos de vídeo ou ilustração podem firmar uma parceria com o site e receber 33% dos royalties por cada trabalho vendido.

E por estar alinhado com a Adobe, todas as fotos possuem conexão com os aplicativos da empresa, como o Lightroom Classic, o Premiere e o Photoshop. O site da empresa diz que são mais de 30 milhões de usuários fazendo uso desses serviços. Nesse sentido, o Adobe Stock se encaixa como uma ótima opção para expandir o portfólio, ter referências e ganhar dinheiro com a venda de imagens pela internet.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui