Saiba quais são os bairros mais perigosos e os mais seguros do Rio

Relatório divulgado com base em dados do ISP mostra as regiões da capital fluminense com os maiores e menores índice de criminalidade

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio - Foto: Reprodução/Google Maps

A segurança no Rio de Janeiro é um dos temas que mais preocupam os cariocas. Infelizmente, a sensação de insegurança é constante por onde quer que se ande na capital fluminense. E pouco importa se você está na Zona Sul ou na Zona Oeste, por exemplo. A verdade é que é preciso estar sempre alerta.

Um relatório deste ano, divulgado pela imobiliária Loft, com base em dados oficiais do Instituto de Segurança Pública do Governo do RJ de 2022, identificou os bairros do Rio com os melhores e piores índices de violência. O levantamento levou em consideração fatores como o número de homicídios, roubos, furtos e total de ocorrências. Localidades da Zona Oeste da cidade lideram o ranking.

A região mais violenta da cidade em 2022, segundo os dados do ISP, foi a formada pelos bairros de Bangu, Gericinó, Padre Miguel e Senador Camará. As referidas áreas foram as que mais registraram homicídios no Rio.

Logo na sequência está o trecho formado pelos bairros Anil, Cidade de Deus, Curicica, Gardênia Azul, Jacarepaguá e Taquara.

Advertisement

Já quando o critério adotado é o índice de roubos, a região formada pelos bairros de Cavalcanti, Engenheiro Leal, Madureira, Turiaçu, Vaz Lobo, Oswaldo Cruz, Cascadura e Quintino Bocaiúva foi a que teve o maior número de registros em 2022.

A principal característica de todas essas regiões é de serem áreas mais periféricas da cidade, muitas delas dominadas pelo tráfico ou milícias. A maior parte dos moradores desses bairros também convive com alguma deficiência de estrutura urbana, como iluminação, ou no efetivo de forças de segurança, o que favorece o aumento da criminalidade.

Bairros mais seguros

Na outra ponta da pesquisa estão as regiões consideradas como as mais seguras do Rio de Janeiro. Embora o primeiro colocado esteja situado na região central da cidade, a grande maioria fica na Zona Sul, que goza de ruas mais iluminadas, policiamento, infraestrutura de comércio, movimentação de pessoas e transporte.

O bairro de Santa Tereza é o mais seguro do Rio de Janeiro. A região está entre as que têm os menores registros de crimes nas quatro categorias analisadas. Se considerado o tipo de crimes mais violentos, como o homicídio, a área teve o menor número de casos da cidade em 2022.

Muito frequentado por turistas, o bairro histórico, com casas antigas, é um patrimônio cultural da cidade e abriga diversos pontos turísticos, como a Escadaria Selarón, o Parque das Ruínas e a Catedral Presbiteriana do Rio.

Na divulgação dos dados, o Instituto de Segurança Público do Rio de Janeiro faz uma divisão por regiões, que, em alguns casos, engloba mais de um bairro. É o caso de Gávea, Jardim Botânico, Lagoa, São Conrado e Vidigal. Esses bairros também apareceram entre os menos violentos do Rio de Janeiro em quase todas as categorias. A região é a segunda da cidade com menos homicídios e com menos roubos.  

Essa região concentra alguns dos edifícios mais caros e sofisticados do Rio de Janeiro e engloba também a favela do Vidigal, uma das mais conhecidas da cidade. Tem como um dos destaques ser rodeada por montanhas e áreas preservadas de Mata Atlântica. 

Essa parte da cidade conta com algumas das atrações turísticas mais conhecidas do Rio, como o Jardim Botânico e a Lagoa Rodrigo de Freitas. Também é uma região famosa por ser um dos principais polos gastronômicos e boêmios da capital fluminense

Outros bairros que aparecem entre os que têm o menor número de registros de homicídios são Catete, Cosme Velho, Flamengo, Glória, Laranjeiras, Botafogo, Humaitá e Urca, que abrigam os mais icônicos pontos turísticos do Rio de Janeiro, como o bondinho para o Pão de Açúcar ou trem do Corcovado, que leva ao Cristo Redentor.

Praia sinônimo de furto

Os bairros que concentram as praias mais conhecidas também são os que mais registraram furtos na cidade. Os campeões no quesito são Ipanema Leblon, seguidos pela região formada por Barra da TijucaItanhangá Joá. Na sequência aparecem Copacabana Leme

Embora as estatísticas de furto afastem essas regiões das consideradas as mais seguras da cidade, os registros de crimes mais violentos, como homicídio, latrocínio ou roubo, são menos recorrentes. É comum que áreas que concentram multidões tenham um alto índice de furtos. Portanto, não é possível dizer que esses bairros estejam entre os menos seguros do Rio de Janeiro. 

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Saiba quais são os bairros mais perigosos e os mais seguros do Rio
Advertisement

49 COMENTÁRIOS

  1. Voltair Arvez será que ocê bebeu? Não consegue acertar a pesquisa uai sô!
    Não sei que droga o pesquisador usou na hora de consolidar a pesquisa, mas deve ter sido aquela que o cérebro desliga. Kkkkk completamente sem noção do que é o Rio de Janeiro hoje em dia!!

    • Concordo plenamente com você! A coisa já começa péssima quando ele coloca o centro do Rio como área de menor periculosidade e pior ainda dizer que Santa Tereza é o bairro mais seguro do Rio ..pqp! ..kkkkkkkk….Deu pra perceber claramente, que a pesquisa saiu da própria cabeça dele e segundo as preferências e simpatias dele! Santa Tereza é sim um bairro histórico, mas degradado pela favelização, pelo aumento da criminalidade e pela falta de aplicação de recursos no bairro por parte das administrações ..rs..Tenho uma amiga, que foi assaltada justo na escada Seláron! Andar pelo centro do Rio , após às 18hs é pedir pra ser assaltado! Áreas como Praça Onze , Santo Cristo, Saúde, …registram grande número de assaltos. Nem pensar em entrar num caixa eletrônico à noite!

    • A pesquisa é gerada pelo Estado do Rio de Janeiro e não pelo jornalista. Quem poderia estar viajando é o Governo do Estado e não a imprensa, que usa dados oficiais fornecidos pelas Secretarias. Contudo, se você usa a sua vivência pessoal, já começa errado porque a vivência pessoal de um não necessariamente é a do todo e o que está ruim para você em um local pode estar muito pior em outros bairros, fazendo com que o seu bairro esteja mais seguro que o resto nas estatísticas, mesmo com todos os problemas.

  2. Vila valqueire é mina de assaltos e roubos. Não podemos nem caminhar para saúde física, principalmente na rua Quiririm, Ana Teles, Major Ribeiro e etc… somos reféns 24horas..

  3. Temos um governador e um prefeito desorientados, sem rumo e com isso o estado entregue a bandidos, estando a população a mercê deles. O prefeito que só sabe aplicar multas. O “presidente” eleito pelos amigos do STF, STE, o 9 dedos o maior ladrão de td história e de uma nação. O que esperar de um País com estes caras no “poder”?

  4. Rio de Janeiro acabou como estado. Além de ser um problema cultural, ha roubo de energia elétrica desenfreada,a guerra incessante entre facções rivais, o interesse e envolvimento de muitas autoridades com a criminalidade, a autoridade do estado tá cada dia mais acuada e cercada por uma criminalidade que só aumenta.

  5. Hoje em dia todos os bairros são perigosos ,pois temos um presidente chefe de quadrilha, ladrão e enganador não temos pra onde correr .

    • É verdade! O facista amou todo mundo. Além de burro, é incompetente e o Estadista terá a obrigação de consertar. Sem falar nesse paraquedista que está no governo, saído de um grupo de coral de igreja. Tá PHODA!

      • O tráfico de armamento que passa pela fronteira aumentou este ano. Os indices de violencias aumentaram este ano. O ministro da justiça anda na favela da Mare sem segurança, recebe mulher de traficante no local de trabalho, o LADRAO cachaceiro recebe narcoditador como amigo de infancia, bandidos de alta periculosidade são soltos pelo PT/STF, PCC e CV amiguinhos do desgoverno do amor. Mas o “ESTADISTA” (????!!!!) amigo do HAMAS (!!!!!!!!) vai consertar isso?????? No Brasil, tem MUITA gente cujo QI não passe de UM dígito.

        • Laércio, leva o fascistoide, ladrãozinho de joias da Árabia pra sua casa pra te proteger! Hahaha. Realemente incrível o seu QI, bem acima da média, sqn.

  6. Moro em baixa Santa Teresa e já morei no alto msis de 30 anos. Os ladrões nem respeitam mais moradores! É um festival de bandidagem, não compreendo esta reportagem, motororistas de Apps tem medo de deixar a gente em casa, isto que EU estou à 300mts.da Glória. Glória cheia de cracudos e sem qualquer assisténcia social pra moradores de rua!

  7. Todo lugar é perigoso e violento no Rio. Assim como na maior parte do Brasil, onde há profunda desigualdade social, impera uma cultura de violência, a qual não deve ser naturalizada.
    Nós que vivemos na cidade, aprendemos a nos adequar e vamos levando, mas sinceramente, não estamos nem perto de uma cidade segura e pacífica.

  8. Na cidade do Rio,estamos vivendo perigosamente mesmo pagando um IPTU caríssimo na Zona Sul. Raramente se vê policiais nas ruas.HAVIA,HA ANOS, 2 POLICIAIS EM CADA ESQUINA, ERAM CHAMADOS DE “COSME E DAMIÃO ” ,E TÍNHAMOS PLENA SEGURANÇA. OS GOVERNADOR E PREFEITO SÃO PÉSSIMOS.

  9. Vcs esquecem que muitas da vezes a pessoa é assaltada e dependendo da hora, o assalto não é registrado nas delegacias ,sábado a minha namorada foi furtada em Copacabana e não fez o registro policial!e infelizmente não existem lugares seguros e mais inseguro no Rio de Janeiro!pura balela!!!

  10. Os bairros mais seguros do rio de janeiro são Pavuna , costa barros, vigário geral, jardim America, acari, cidade alta, vila Kennedy, complexo do Chapadão esse e o campeão é o mais seguro de todos , adorei esse lugar.

  11. RM Uma das piores coisa do mundo é achar que uma pessoa é um idiota, e quando ela se pronúncia e prova que realmente é um Idiota
    chegamos a conclusão que ela é digna de pena. Vc é realmente digno de pena.

  12. Hahaha, não falou que as areas de campo grande, santa cruz guaratiba diminuiram significativamente o número de assaltos. Essa pesquisa foi furada, afim de valorizar a venda de imoveis e investimentos locais, só pode.
    Infelizmente a milicia na regiao de Campo grande é um “mal necessário”. Pois afastou o tráfico e a bandidagem em torno da região. Entre o uim e péssimo os maradores escolhem o ruim rsrsrs.
    Copacabana e Cia, provavelmente odeiam o verão, vide arrastões. Não recomendo.

  13. Hahaha, não falou que as areas de campo grande, santa cruz guaratiba diminuiram significativamente o número de assaltos. Essa pesquisa de fsto foi comprada, afim de valorizar a venda de imoveis e investimentos locais, só pode.
    Infelizmente a milicia na regiao de Campo grande é um “mal necessário”. Pois afastou o tráfico e a bandidagem em torno da região. Entre o uim e péssimo os maradores escolhem o ruim rsrsrs.
    Copacabana e Cia, provavelmente odeiam o verão, vide arrastões. Não recomendo.

  14. não tem bairro mais seguro nesta favela chamado rio de Janeiro tudo uma bagunça a começar pelos nossos governantes que não sabem nada como administrar tanto municipal ou estadual uma vergonha.

  15. Essa empresa está querendo vender imóvel em locais direcionados o local mais seguro do Rio está depois do segundo pedagio

      • O que a extra direita tem a ver com isso, infeliz? O estado SEMPRE dói governador por políticos de esquerda. Quando apareceu um de direita, não durou dois anos e foi afastado.

      • Vc nem sabe o que seja extrema direita papagaio, escutou e repete. Não tem a mínima ideia… Vai ler cara!
        Vc acha que depois de 8 anos de do FDP do FHC, mais 8 do Luladrão e mais 6 da Burrilma Rousseff, a culpa desse país estar onde está é de um cara que ficou apenas 4 anos? Deixa de ser cego discípulo do Paulo Fedorento Freire, 22 esquerdalha x 4 conservadorismo.

      • RM, mais com QI de UM dígito… esse pessoal de extrema esquerda deveria ter passagem paga só de ida pra fazer o L em Cuba, Venezuela, Coreia do Norte ou Palestina, e viver o amor pleno!

      • A culpa do Rio estar assim começou na década de 1990, com Neuzinha BRISAiola, filha do BRIZOLA (EXTREMA ESQUERDA!!!!) que impediu a Polícia de subir o morro, “Não acabou, tem que acabar….”. De lá pra cá só prefeito e governador de esquerda, aliados com bicheiros, traficantes E milicianos. As Universidades federais do Rio, todas fedorentas e largadas, cheias de Ze droguinha, romantizando o tráfico, incentivados pela rede esgoto e seus artistas cheiradores de pó. Mas os cariocas de esquerda são burros, arrogantes e noiados demais pra entender isso. Podiam ir fazer o L na Palestina!!!

  16. A maioria dos bairros tidos como em maior índice de roubos são da mesma área, atualmente dominada pelo tráfico e sem a menor segurança – porque não interessa ao Estado manter a região segura, não rende dinheiro pra ele se a região estiver segura ou não.
    Já se você vai à Zona Sul…

  17. Sinceramente não existe nenhuma possibilidade dessa pesquisa e essas informações não serem pagas. O bairro de Santa Teresa é cercado de favelas e os assaltos são constantes, sem contar com os tiroteios e as balas perdidas que atingem as janelas dos moradores. A noite é impossível caminhar pelo bairro e se sentir seguro. Por favor!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui