Samu recebeu quase 5 trotes por hora no 1º trimestre no Rio

A maioria dos trotes é feita por crianças, adultos que ligam para falar palavras obscenas e pessoas que fazem pedidos falsos de socorro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem Apenas Ilustrativa | Foto: Divulgação

Do primeiro dia de 2024 até domingo (31/03), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) recebeu mais de 10 mil ligações falsas, quase 5 trotes por hora, com pedidos de ajuda pra emergências que não existem no Rio de Janeiro. No ano passado foram quase 40 mil ligações falsas, cerca de 5% de todos os chamados pro 192.

A maioria é feita por crianças, adultos que ligam para falar palavras obscenas e pessoas que fazem pedidos falsos de socorro.

A central telefônica do Samu da cidade do Rio de Janeiro recebe em média cem trotes por dia. Os atendentes são treinados para identificar ligações falsas, mas nem sempre é possível evitar que uma ambulância seja colocada na rua para atender um paciente que não existe, o que prejudica quem realmente precisa do atendimento.

O socorro do Samu começa na ligação. Pelo telefone, médicos e enfermeiros dão as primeiras orientações que podem salvar a vida de quem está do outro lado da linha.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Samu recebeu quase 5 trotes por hora no 1º trimestre no Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui