São Gonçalo abre mais 640 vagas para castração de cães e gatos

Moradores poderão levar seus animais de estimação a um dos Cavems, no Mutuá e no Alcântara

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Os dois Centros de Atendimentos Veterinários Municipais (Cavems) do Mutuá e de Alcântara, em São Gonçalo, abrem 640 vagas para castração de cães e gatos – 320 vagas para cada Cavem. A apresentação dos documentos estará disponível para os dias das próximas duas semanas (de 17 a 21 e de 24 a 28 de junho). Os pré-agendamentos podem ser realizados presencialmente, de 8h às 11h, ou através do aplicativo Colab, que já está com as vagas disponíveis abertas.

Os gonçalenses precisam ter dois dias disponíveis para a castração. O primeiro dia é aquele agendado ou quando o tutor vai presencialmente aos Cavems e que serve para o responsável levar a documentação às unidades. Neste dia, o tutor sairá da unidade com o pedido de um hemograma completo do animal, que deve ser apresentado no dia da castração. A segunda data é a da cirurgia, que é marcada no dia da entrega dos documentos.

No dia agendado, os tutores devem chegar com 10 minutos de antecedência nas unidades. Datas e horários retroativos não serão agendados ou remarcados.

Para a realização do cadastro é necessário ser morador de São Gonçalo, ter mais de 18 anos, apresentar CPF, identidade e comprovante de residência. Cada morador tem direito a cadastrar um animal por CPF por mês. Os animais devem ter de seis meses a sete anos. Para os cães, o peso mínimo é de 5 quilos e o máximo é de 25 quilos.

Advertisement

Não é realizada a cirurgia em animais braquicefálicos e raças pequenas como pinscher, yorkshire, shitzu, pug, buldogue francês/inglês, lhasa apso, boxer, boston terrier, shar-pei, pitbull, chihuahua, american bully e poodles. Também não são feitas castrações em gatos braquicefálicos como birmanês, shorthair e persa.

Os Cavems funcionam de segunda a sexta, das 8h às 16h30. A unidade Mutuá fica na Avenida Paula Lemos, 307, em frente ao Colégio Santa Mônica. A unidade Alcântara fica na Rua Arthur Silva, 91, ao lado do Colégio Nossa Senhora da Paz.
Por orientação do Conselho Regional de Medicina Veterinária, as unidades solicitam o hemograma completo dos animais que passarão pela castração.

O resultado do exame deve ser apresentado no dia da cirurgia. A intenção é evitar complicações durante as cirurgias, caso o animal tenha alguma doença pré-existente e que não consiga ser vista clinicamente. Não é obrigatório, mas o tutor que não levar o exame, vai assinar um termo de responsabilidade sobre a ciência do pedido de hemograma.

Os protetores de animais também podem cadastrar um animal por mês. Para isso, eles devem procurar a Vigilância Sanitária, que fica na sede da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo, no Boa Vista, para preencher uma ficha de cadastro e, só depois, seguirem para as unidades. Os protetores não precisam fazer o pré-agendamento pelo Colab.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp São Gonçalo abre mais 640 vagas para castração de cães e gatos
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui