Saudosismo e nostalgia: Tijuca recebe evento sobre clubes cariocas extintos

Primeiro Fórum de Debates do Exthyntos Social Clube acontece entre 5 e 8 de junho no Teatro Henriqueta Brieba, no TTC

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Membros do Exthyntos Social Clube - Foto: Divulgação

Na próxima semana, mais precisamente de segunda (05/06) a quinta-feira (08/06), o Teatro Henriqueta Brieba, no Tijuca Tênis Clube (TTC), Zona Norte do Rio de Janeiro, receberá pesquisadores, estudiosos, jornalistas e pessoas saudosistas em geral para o I Fórum de Debates do Exthyntos Social Clube, que visa relembrar histórias e façanhas de agremiações esportivas hoje extintas, mas que deixam saudade e pegadas que ainda podem ser encontradas no cotidiano da capital fluminense.

Vale ressaltar que o próprio TTC, sede do evento, abrigava uma chácara onde funcionavam as dependências do Sport Club Mangueira. O Rubro-Negro é lembrado por ter sofrido uma histórica goleada de 24×0 para o Botafogo. Tempos depois, a área foi utilizada pelo Syrio e Libanez Athletico Club.

Durante os quatro dias, o evento terá início às 18h, sempre com entrada franca. A programação foi idealizada pelo professor de Biologia Kléber Monteiro. Ele começou a lidar com o tema na pesquisa para o livro ”Andarahy Eterno”, publicado em 2022. A obra revisita a trajetória do clube, fundado por funcionários da Fábrica Cruzeiro de Tecidos, e eternizado na cultura popular pela canção ”Tempo de Dondon”, de Nei Lopes, e pela crônica ”Sapo de Arubinha”, de Mário Filho

”Na ocasião, produzimos camisas de times extintos para ajudar a custear a publicação. Percebemos que o movimento fluiu, percebemos enorme apelo popular, o que nos levou a criar o Exthyntos Social Clube, reunindo um grupo de apaixonados, dedicados a resgatar as histórias dessas agremiações pouco lembradas. Algo fundamental nestes tempos de futebol tão comercial e efêmero”, avalia Kléber.

Advertisement

A expectativa é de que cerca de mil pessoas passem pelo Tijuca Tênis Clube durante os quatro dias de evento. Vale ressaltar que o cronograma contempla outras agremiações, como o Villa Isabel, maior rival do Andarahy, clube vizinho que jogava no campo do antigo Jardim Zoológico, atual Parque Recanto do Trovador.

Os Jaquetas Verdes do Andarahy atuavam no campo da Rua Prefeito Serzedello Corrêa, que posteriormente seria adquirido pelo America e, atualmente, abriga o Shopping Boulevard Rio.

Também serão abordados o Rosita Sofia, de Cosmos, sempre lembrado por Nelson Rodrigues como sinônimo de saco de pancadas; o Confiança, que funcionava onde atualmente está a Vila Olímpica do Salgueiro; e o Haddock Lobo, incorporado pelo America e responsável por levá-lo para o histórico endereço da Rua Campos Sales, 118.

Haverá ainda exposição de réplicas de camisas e souvenirs dos clubes extintos, além do sorteio de brindes para parte do público presente.

É importante destacar também que, na abertura da atividade, está prevista a entrega de uma moção legislativa em reconhecimento às conquistas de cinco clubes campeões da Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMTD) entre 1925 e 1932. São eles: Engenho de Dentro Atlético Clube (1925), Modesto Football Club (1926 e 1927), Sport Club América (1928 e 1929), Sportivo Santa Cruz (1930), Oriente Atlético Clube (1931) e Sport Clube Boa Vista (1932).

Serviço

I Fórum de Debates do Exthyntos Social Clube

  • Datas: 5, 6, 7 e 8 de junho de 2023 (segunda a quinta)
  • Horário: 18h
  • Local: Teatro Henriqueta Brieba – Tijuca Tênis Clube
  • Endereço: Rua Conde de Bonfim, 451 – Tijuca – Rio de Janeiro/RJ
  • Classificação: Livre
  • Entrada: Gratuita

Programação

05/06 (segunda)

  • Eixo: Cidade, Mídia, Memória e Esporte: O Futebol do Rio de Janeiro no Início do Céculo XX
  • Temas: A Imprensa e o Apagamento da Memória dos Campeões (Sérgio Montero Souto, LEME/Uerj) | Memória e Cidade: Os Estádios de Futebol no Rio de Janeiro e Niterói como Patrimônio Cultural (Rosana da Câmara Teixeira, UFF/Laboep/CNPq)
  • Mediador: Júlio César Ferreira (UFF e Cefet-RJ).

06/06 (terça)

  • Eixo: A Cultura Futebolística e os Times Extintos do Rio de Janeiro Capital Federal.
  • Temas: Clubes como Espaços de Sociabilidades dos Bairros (Rafael Bosisio, Seeduc-RJ e SME-Rio) | Os Grandes Times Extintos do Subúrbio (Luiz Fernando da Silva Alves, Exthyntos Social Clube) | Os Craques Eternos dos Times Extintos (Paulo Jorge Silva, Exthyntos Social Clube)
  • Mediador: Kléber Monteiro (Seeduc-RJ).

07/06 (quarta)

  • Eixo: As Ligas Extintas – Desafiando o Poder dos Grandes Clubes do Rio de Janeiro.
  • Temas: Bastidores, Negociações, Curiosidades e a Fundamental Participação do Football and Athletic Club (Paulo Jorge Silva, Exthyntos Social Clube) | Federação Atlética Suburbana (André Luiz Pereira Nunes, Seeduc-RJ) | O Crescimento das Ligas Suburbanas e a Extinção pelo Decreto-Lei da Organização dos Desportos no Brasil (Auriel de Almeida, Hanói Editora)
  • Mediador: Júlio César Ferreira (UFF e Cefet-RJ).

08/06 (quinta)

  • Eixo: O Futebol no Contexto de Formação da Grande Tijuca
  • Temas: Andarahy Grande e Andarahy Pequeno na Expansão Urbana Carioca (Fabio Jesus de Carvalho, SME-Rio) | Vila Isabel e Grajaú: Dois Bairros Planejados (Rodrigo Telles, Exthyntos Social Clube) e Os times extintos da Grande Tijuca (Kléber Monteiro, Seeduc-RJ)
  • Mediador: Stéfano Salles (Observatório do Futebol Fluminense).

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Saudosismo e nostalgia: Tijuca recebe evento sobre clubes cariocas extintos
Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui