Secretário de Polícia do Rio destaca projeto de lutas como exemplo de ação em prol da prevenção: ‘PM não é só repressão’

Coronel Luiz Henrique Marinho deu a declaração em visita à sede da LBV no Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Em visita à sede da Legião da Boa Vontade no Rio de Janeiro, na última quinta-feira (25), o secretário de Estado da Polícia Militar, coronel PM Luiz Henrique Marinho Pires, destacou a importância de se investir em projetos esportivos para prevenir a criminalidade e, consequentemente, transformar a sociedade para melhor.

“A gente tem que mostrar para a população que a Polícia Militar não é só a repressão, mas que a gente investe também na prevenção, na parte social, construindo várias parcerias. A corporação também exerce esse papel e isso deve ser mostrado”, disse o secretário, que citou o Geração UPP como exemplo.

Fundado no ano de 2009 numa parceria entre LBV, Super Rádio Brasil, Prime Esportes, Boomboxe, Tintas Nacional e Polícia Militar, o Geração UPP está presente em 17 comunidades cariocas, levando o ensinamento técnico e filosófico das artes marciais a crianças e adolescentes através de policiais militares.

Advertisement

Leia também

RJ continua com previsão de chuva nesta quinta-feira

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

“Não se constrói nada sozinho, a construção de uma sociedade melhor passa pela união de todos. Minha visita hoje foi para entender melhor essa parceria, essa grande construção que vem sendo feita em parceria entre a Polícia Militar e a LBV há muitos anos”, complementou a autoridade.

Inclusive, no último final de semana, a equipe de luta olímpica da Geração UPP, que treina na unidade do Jacarezinho, representou o estado do Rio de Janeiro e o time Niterói Wrestling no Campeonato Brasileiro Interclubes sub-17, realizado na cidade de Campina Grande, na Paraíba. O resultado foi o vice-campeonato por equipes.

O time que viajou à Paraíba contou com os jovens atletas Mythis Richard, Evelyn Brito, Arthur Egito e William Oliveira, que conquistaram seis medalhas, sendo uma de ouro, quatro de prata e uma de bronze, além da quarta colocação geral em um universo de 17 clubes participantes.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Secretário de Polícia do Rio destaca projeto de lutas como exemplo de ação em prol da prevenção: 'PM não é só repressão'

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui