Segunda maratona de Niterói reúne 2 mil pessoas neste fim de semana

Expectativa dos organizadores para a próxima edição é de um público ainda maior, de 3 mil participantes

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Bryan e Cristiano comemoram bicampeonato Mauro Touguinhó (Foto: Divulgação)

Cerca de 2 mil maratonistas participaram da 2ª Maratona de Niterói, que ocorreu neste sábado (6/07). Vinicius Costa e Ana Carolina Figueiredo foram bicampeões da disputa de 42km em dupla mista, enquanto Bryan Mattheus da Silva e Cristiano Carvalho da Silva venceram a prova de dupla masculina. Os participantes largaram no Caminho Niemeyer, no Centro, seguiram até o bairro de Piratininga, na Região Oceânica, e concluíram a corrida novamente na região central.

Organizado pelos triatletas Karen Casalini e Armando Barcelos, o evento em Niterói costuma dar sorte para Bryan e Cristiano, que já venceram por duas vezes a corrida principal. “Estou muito feliz e satisfeito. Foi uma prova dura, mas conseguimos o bicampeonato, mesmo com a prova mais dura do que a do ano passado. Mas deu tudo certo, graças a Deus“, disse Cristiano, morador de São João de Meriti.

Vencedores da disputa de 42km em dupla mista, Vinicius e Ana concluíram o percurso em 02h48m52s e conquistaram pela segunda vez a vitória em Niterói. “É sempre boa a sensação de ser campeã. É a segunda vez que participamos e a segunda vez que ganhamos. Somos bicampeões. É uma sensação incrível”, afirmou Ana.

Para a moradora de Niterói, Carine Alamino, a maratona teve um gosto de vitória, mesmo foram do pódio. Fumante e lutando contra um câncer de mama, ela nunca havia disputado uma corrida de rua antes. “Foi surreal. Com a correria do dia a dia de mãe, o tratamento contra o câncer, trabalhando, fumante, durante muito tempo fui sedentária total, então, completar os 5km em menos de 50 minutos foi maravilhoso”, contou.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

Além dos boxes para atender os atletas, o Caminho Niemyer contou também com uma feira de adoção de animais, área de alimentação e premiação, venda de materiais esportivos, brincadeiras infantis, passeio de balão e aulão de zumba e apresentação do saxofonista Gabriel Marambaia.

Todos os participantes receberam medalha de finisher no final do percurso. Independente de tempo, os 20 primeiros atletas que cruzaram a linha de chegada receberam a medalha Top 20 (20 femininos e 20 masculinos). Na prova solo de 42Km, tanto masculina como feminina, além de medalhas, houve premiação em dinheiro sendo R$ 1 mil para o 1º lugar, R$ 800 para o 2º colocado, R$ 600 para o 3º, R$ 400 para o 4º e R$ 200 para o 5º lugar.

Armando Barcellos, um dos organizadores do evento, espera pelo menos três mil participantes na edição de 2024. “Foi um excelente evento. Estamos num bom caminho, e a nossa meta para 2024 é superar os 3 mil atletas inscritos. Tem tudo para acontecer, porque nós estamos fazendo um ótimo trabalho e o público reconhece esse trabalho. O time todo está amadurecendo e de parabéns. A cidade também está amadurecendo em relação aos grandes eventos. Esse é o nosso propósito”, explicou o ex-triatleta.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Segunda maratona de Niterói reúne 2 mil pessoas neste fim de semana

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui