Sem verbas para pagar terceirizados e bolsistas, UFRJ impõe ensino remoto para completar ano letivo

A medida foi tomada pela impossibilidade do pagamento de bolsistas, e funcionários terceirizadas da limpeza e do restaurante universitário

IFCS - Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ - Foto: Wikimapa

Devido aos cortes orçamentários realizados pelo Ministério da Fazenda, os alunos do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) passaram a ter aulas remotas, a partir desta quarta-feira (14). De acordo com a instituição, o ano letivo de 2022.2, que será encerrado no 14 de janeiro, será ministrado digitalmente.

A direção do Instituto destacou que a medida foi tomada diante da impossibilidade do pagamento dos funcionários terceirizadas da limpeza e do restaurante universitário. Sem recursos, os bolsistas da instituição também ficarão sem pagamento.

O IFCS destacou ainda que, assim que as condições de ocupação e trabalho da unidade estiverem normalizadas, as atividades na instituição serão retomadas na modalidade presencial.

As informações são da rádio Tupi.

Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. Não é por causa de verba. Isso é desculpa pra ficar em casa. O naior erro da historia foram os governos colocarem determinadas categorias de funcionarios publicos em home office “pra sempre”. Agora as outras categorias também querem, e vão pressionar por isso o tempo todo. A gente viu a reação dos sindicatos dos professores quando fpi anunciadp o fim da pandemia, entraram em desespero tentando emplacar ensino a distancia de qualquer jeito. Não adianta forçar a barra, tenho sobrinho na faculdade que não aprende NADA com essa metodologia. O ensino a distancia serve pra funcionarios publicos como no meu condomínio, em que 10h da manhã estão indo pra academia, depois supermercado, às 15h já estão levando crianças na rua… e isso são funcionários da prefeitura, imagina de todos outros órgãos!!! Simplesmente não trabalham!!! Já nai2tinham trabalho pra preencher o tempo nos escritórios, vc imagina em casa, sem supervisão nenhuma, sem sequer a presença de um contribuinte vendo que o funcionário está presente ali, no setor. Enfim, isso está uma zona, uma bagunça. Todo mundo quer ficar em casa e não trabalhar. Esse hone office veio pra drstruir a economia do país e conseguiu.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui