Será Otoni de Paula o Anti-Paes? – Bastidores do Rio

Carlos Portinho já fala como candidato a prefeito, Vera Dinis quer táxis podres, Marcelo Queiroz larga na frente na defesa da Cultura, o esquisito suplente de Verônica Costa

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Candidato
No evento de Pedro Rafael na ACRJ, o senador Carlos Portinho fez discurso de candidato a prefeito do Rio.

Táxis Podres
Pelo jeito a vereadora Vera Diniz quer que o carioca use mais o Uber, apresentou um projeto aumentando a vida útil dos táxis de 6 para 9 anos. Não deve ter andado em certos veículos caindo aos pedaços…

Largou na frente
A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados aprovou por unanimidade o requerimento proposto pelo Presidente, o Deputado Federal, e Lorde do PP, Marcelo Queiroz, para a audiência pública que pede a presença do Secretário Executivo Bernard Appy, responsável pela proposta da reforma tributária, para apresentar o impacto que uma futura aprovação terá no setor.

Incentivos na pauta
A ideia principal é entender como a proposta de unificação de tributos pode alterar as concessões de incentivos fiscais de ISS e ICMS, atualmente essenciais para realização de eventos culturais.

Advertisement

Leia também

AquaRio promove primeira sessão para pessoas com Autismo

Lula retorna ao Rio para inauguração do Terminal Gentileza nesta sexta-feira

Cultura é PIB
A cultura, segundo levantamento da Fundação Itaú Cultural, representa 3,11% do PIB do Brasil, o que só ratifica sua importância para o desenvolvimento econômico do país.

Vácuo
Assim como na natureza, na política não existe vácuo. Com exceção de Pedro Duarte, a oposição a Eduardo Paes está vazia, e o pré-candidato do MDB, Otoni de Paula, aos poucos vem ocupando este espaço, será ele o Anti-Paes de 2024?

Suplente
Se confirmada a prisão de Verônica Costa, que não deve acontecer, quem assumiria sua vaga na Câmara de Vereadores é Alberto da Dezessete que teve 3.232 votos em 2020.

Suplente II
Mas além da prisão, Verônica Costa deveria passar pelo processo de cassação de mandato, que normalmente é longo, e aí já é 2024…

Suplente III
Alberto da Dezessete tem base eleitoral em Bangu, defende a soltura de balões, que chama de ecológicos, e se chama do homem de chapéu de palha. Altíssima qualidade.

Milícia
Político diz que combate a milícia, mas faz questão de andar com outro investigado por ligação com elas. Aí fica difícil né…

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Será Otoni de Paula o Anti-Paes? - Bastidores do Rio

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Uma pena que a pesquisa usa parâmetros bizarros: Ignora o fato de que Otoni e Flavio Bolsonaro andam juntos. Apenas um deles sai candidato. A pesquisa tem a façanha de incluir Pazuello, do mesmo partido que o senador fluminense, como um possível candidato. Assim, não dá pra ver realmente qual é o verdadeiro potencial de cada candidato. O ideal era realizar também um cenário onde só Flavio sairia candidato. Fora que estamos em Abril de 2023, então há muita água pra rolar debaixo da ponte.

    Sobre o tal político que “anda” com investigado: Teve site aí que fez campanha pra um candidato que além de não representar o “carioca way of life”, era ligado a certos políticos ligados a grupos armados(e ainda tem como colaboradores gente que atuou na campanha de certo candidato que condecorou esse povo). Pois é…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui