Série documental com jovens que têm Síndrome de Down será gravada no Rio

As filmagens de Expedição 21 começam nesta quarta-feira e terminam no próximo dia 28/05

Foto: Divulgação

O experimento cientifico e social que será filmado em formado de série documental vai reunir 21 participantes portadores de Síndrome de Down em uma casa no Rio de Janeiro. A proposta do Expedição 21 é ajudar os participantes do programa a terem mais independência.

Os jovens vão conviver, longe dos pais, com pessoas que nunca viram, sendo desafiados a todo momento, por quatro dias em uma casa de oito quartos.  O Expedição 21 foi criado pelo educador social Alex Duarte com o objetivo de comprovar como um ambiente positivo é capaz de melhorar a estima de pessoas com deficiência intelectual e potencializar sua autonomia. A direção é de Teresa Lampreia e Bia Oliveira. O roteiro foi feito por Lalo Homirch.

“São jovens de praticamente todos os estados do Brasil participando nesta edição. Na última, tivemos resultados surpreendentes. Esse tipo de conteúdo, de entretenimento de impacto social, está em alta no mundo todo”, destaca a diretora Teresa Lampreia, que foi morar nos Estados Unidos em 2016 e tem no curriculum a direção de grandes novelas e séries da Rede Globo de Televisão, como O Clone e A Casa das Sete Mulhres, entre outras.

A primeira edição do Expedição 21, realizada em 2018, em Florianópolis, virou um documentário, premiado em Hollywood e hoje disponível na Amazon. Um dos resultados do programa lançado há quatro anos foi a conquista da moradia independente do escritor Vinicius Streda, um dos participantes.

Nesta edição de 2022, a atriz Carla Diaz fará participação, interagindo com os participantes e anunciando, ao fim das gravações, o vencedor. Ivy Faria, filha de Romário, será uma dos 21 participantes.

Mais de 500 pessoas se inscreveram para concorrer as 21 vagas. Através da gravação de um vídeo, cada inscrito precisou defender porque merecia ser escolhido. Em março deste ano, foi realizado no Rio de Janeiro, a seletiva presencial, que contou com um quadro de jurados formado por professores, artistas e influenciadores do movimento inclusivo.  

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui