Sob os pilares “Drama Materno”, “Milícia/Violência” e “Emoções Extremas”, “Um Dia Qualquer” mostra que um dia qualquer nos subúrbios cariocas pode ser qualquer coisa, exceto algo comum.

Por trás de um cotidiano aparentemente simples e rotineiro, a violência diária e o clima de guerra civil obrigam os moradores a iniciar uma verdadeira jornada por sobrevivência. Neste delicado momento para os moradores, diversas histórias se misturam e mostram que viver mais um dia pode não ser tão fácil assim. E revela ainda as entranhas e, principalmente, a maneira como nasce e se consolida o poder paralelo em uma zona esquecida pelas instituições públicas.

Em um retrospecto de 10 anos, vemos o tráfico de Seu Chapa perder espaço para Quirino, um correto Policial Civil que passa a adequar suas convicções às novas dimensões: os fins, agora, justificam os meios.

“Quando eu criei a série “Um dia qualquer” pensei que o avanço das milícias e seu poder paralelo, a injustiça social sofrida pela população negra, as buscas das mães de vítimas da violência e as agressões domésticas decorrentes do machismo, são questões que precisam ser resolvidas na nossa sociedade atual”, diz o diretor Pedro von Krüger.

A série de drama-ficção conta com cinco episódios, de 25 minutos cada, e traz em seu elenco nomes como Augusto Madeira (Quirino), Mariana Nunes (Penha), Jefferson Brasil (Seu Chapa), Vinicius de Oliveira (Maciel), Willean Reis (Beto), André Ramiro (Participação especial – Delegado), Juan Paiva (Juninho), Eli Ferreira (Jéssica), Samuel Melo (Robson), Tainá Medina (Bruna), Adriano Garib (Participação especial – Dr. Menezes), entre outros.

“Um tema fundamental no Brasil, somado a qualidade cinematográfica e um elenco maravilhoso foi a combinação perfeita para o Space investir no projeto”, cometa Silvia Fu Elias, Diretora Sênior de Conteúdo da Turner Brasil.

“Um Dia Qualquer” estreia dia 17 de agosto às 22h no canal SPACE.
Exibição de um episódio por dia, entre os dias 17 e 21 de agosto, às 22h.
Maratona completa: sábado dia 22, a partir das 18h.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui