Sesc do Rio de Janeiro terá programação para dia do choro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Chorinho

A data que festeja o dia do choro no Brasil é 23 de abril – nascimento de Pixinguinha, um de seus maiores ícones. Neste ano serão realizadas algumas comemorações em celebração a esse gênero musical genuinamente carioca, entre elas as do Sesc do Rio de Janeiro. As unidades de Madureira, Nova Iguaçu, Ramos e Tijuca receberão shows, homenagens e oficinas ligadas ao chorinho até o dia 24/4.

Muitos eventos terão entrada gratuita. Em alguns casos serão cobrados ingressos de até R$10. Alunos da rede pública de ensino e estudantes de cursos de música terão cortesias. Para isso, é necessário que a escola ou curso encaminhe a listagem nominal dos alunos para o e-mail: wilkerpaulo@sescrio.org.br, informando a programação pretendida. Quem desejar, individualmente, participar das oficinas deverá enviar o nome completo, idade e telefone para: wilkerpaulo@sescrio.org.br.

Advertisement

Confira a programação completa:

SESC EM MADUREIRA
23/4 – 15h às 17h.
Tocata do Rio
Encontro musical com o grupo Tocata do Rio, um conjunto de choro típico que apresenta o melhor do chorinho.
Grátis. Classificação livre.

SESC EM NOVA IGUAÇU
21/4 – 20h.
Quarteto Engole o Choro e Grupo Beliscando
Local: Teatro.
Valores: R$ 3 (associado Sesc), R$ 5 (meia-entrada) e R$10.
Classificação 16 anos.

22/4 – 20h.
Quarteto em Choro e Grupo dos Pavões
Local: Teatro.
Valores: R$ 3 (associado Sesc), R$ 5 (meia-entrada) e R$10.
Classificação 16 anos.

23/4 – 20h.
Siqueira & Grupo e Clube de Choro de Nova Iguaçu
Local: Teatro.
Valores: R$ 3 (associado Sesc), R$ 5 (meia-entrada) e R$10.
Classificação 16 anos.

24/4 – 20h.
Grupo Chorando de Rir e Batuque do Subúrbio
Local: Teatro.
Valores: R$ 3 (associado Sesc), R$ 5 (meia-entrada) e R$10.
Classificação 16 anos.

OFICINAS
23/4 – 16h às 19h.
Oficina de prática de conjunto com Sergio Alvares
Local: Sala multiuso 1.
Grátis.

24/4 – 16h às 19h.
Oficina de pandeiro e prática de conjunto com Barão do Pandeiro.
Local: Sala multiuso 1.
Grátis.

SESC EM RAMOS
9/4 – 19h.
Grupo Chorando à Toa
Uma aula espetáculo com estudo estilístico da obra de Pixinguinha. Execução de composições e desenvolvimento de assuntos relativos ao gênero musical.
Grátis. Classificação livre.

14/4 – 19h.
Marcelo Caldi – Tem Sanfona No Choro
O espetáculo revela a influência da sanfona nordestina num gênero tipicamente carioca, o choro. No repertório, composições como “Seu Januário”, “Araponga”, “Aquele chorinho Sanfonando” e “Fuga da África”.
Valores: R$ 3 (associados Sesc), R$ 5 (meia-entrada) e R$ 10. Classificação livre.

15/4 – 19h.
Choro Novo
Experimentações e criações musicais com informações da contemporaneidade. O grupo apresenta as composições do disco Sotaques & Influências. O disco foi indicado ao 26º Prêmio da Música Brasileira – 2015 na categoria Instrumental.
Valores: R$ 3 (associados Sesc), R$ 5 (meia-entrada) e R$ 10. Classificação livre.

16/4 – 19h.
Tributo A Altamiro Carrilho Com O Conjunto Bem Brasil
O conjunto “Bem Brasil” emprestou durante 18 anos o seu brilhantismo, acompanhando o compositor e flautista Altamiro Carrilho. No espetáculo o grupo executará composições deste autor e fará um bate papo com o público sobre os aspectos do choro em sua obra. Auditório.
Valores: R$ 3 (associados Sesc), R$ 5 (estudantes, idosos e professores) e R$ 10. Classificação livre.

17/4 – 19h.
Tributo à Ademilde Fonseca com Anna Bello
O espetáculo Lágrimas e Rimas tem origem no primeiro CD, homônimo, de Anna Bello. Repertório dedicado ao choro cantado, inspirado na Rainha do Chorinho, Ademilde Fonseca. Valores: R$ 3 (associados Sesc), R$ 5 (meia-entrada) e R$ 10. Classificação livre.

18/4 – 15h.
Historic Brazilian Jazz Band – Homenagem À Pixinguinha E Ernesto Nazareth
O grupo Historic Brazilian Jazz Band, formado pelos músicos Laudir de Oliveira, Paulo Russo, Paulinho Black e Kiko Continentino, com a participação Especial do flautista Nivaldo Ornelas, apresenta o espetáculo em homenagem “in jazz” aos mestres da música brasileira: aos 150 anos de Ernesto Nazareth, considerado o “Pai” da música brasileira e ao grande compositor Pixinguinha.
Local: Espaço Aberto 1.
Grátis. Classificação Livre.

19/04 – 15h.
Zé da Velha e Silvério Pontes
Apresentam o repertório autoral, lembrando o choro de gafieira. Programação relativa ao Trem do Choro, parceria com o Grupo 100% Suburbano.
Local: Praça Ramos Figueira – Olaria.
Grátis. Classificação Livre.

23/4 – 15h.
Grupo Chorando à Toa
O Grupo realizará uma aula espetáculo com estudo estilístico da obra de Pixinguinha. Executarão composições e serão desenvolvidos assuntos relativos ao gênero musical, tomando como baliza a obra de Pixinguinha, com destaque para a sua contemporaneidade. O encontro com dinâmica de Concerto Didático se realiza a participação do público.
Local: Espaço Aberto 1.
Grátis. Classificação Livre.

SESC TIJUCA
18/4 – 18h às 19h30.
Choro Novo e Convidados
Antecipando as comemorações do Dia Nacional do Choro, apresentação do espetáculo Diálogos Sonoros, com o grupo Choro Novo. Participações do bandolinista Joel Nascimento, do cavaquinista Siqueira e da saxofonista Daniela Spielman.
Valores: R$ 3 (associados Sesc), R$ 5 (meia-entrada), R$ 10. Classificação 10 anos.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Sesc do Rio de Janeiro terá programação para dia do choro
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui