Sistema de iluminação da Sapucaí será espetáculo à parte durante desfiles

Com investimento de R$ 18 milhões, o complexo de iluminação da Prefeitura conta com 570 refletores, três mooving lights e três refletores RGBW

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Iluminação da Sapucaí / Beth Santos: Prefeitura

O Carnaval 2024 promete ser uma festa grandiosa e inesquecível para milhares de torcedores, espectadores e turistas que chegam ao Rio de Janeiro para os festejos de Momo. Nesta edição, a Marquês de Sapucaí contará com uma nova iluminação cênica. O recurso, que foi usado em outras ocasiões, agora está tecnicamente mais refinado, após o aporte de R$ 18 milhões por parte da Prefeitura. Com o novo sistema de iluminação, qualquer elemento ou ponto da avenida pode ser destacado. O complexo de iluminação da Sapucaí é resultado da Parceria Público-Privada (PPP) de iluminação pública da Prefeitura do Rio, em conjunto com a Rioluz e a subconcessionária Smart Luz.

O presidente da Rioluz, Eduardo Feital, ressaltou que a iluminação cênica tem sido um recurso cada vez mais solicitado pelos carnavalescos. No ano passado, segundo Feital, as escolas que destacaram as suas comissões de frente com a iluminação ganharam nota máxima de todos os jurados.

“Os carnavalescos estão mais ousados em relação ao ano passado por constatarem que a iluminação bem utilizada pode valorizar o seu desfile. Ano passado, as escolas que usaram o recurso da iluminação para destacar a comissão de frente, por exemplo, ganharam nota 10 de todos os jurados. Ou seja, a luz pode ser uma carta na manga para os carnavalescos”, comentou o presidente da Rioluz.

Com 570 refletores, 510 deles voltados para a pista, o sistema de iluminação da Prefeitura está ainda mais sofisticado. Cada torre sobre as arquibancadas conta com três mooving lights, que projetam luzes coloridas em qualquer elemento ou ponto da Sapucaí, além de mais três refletores RGBW. Também compõem o sistema, 14 câmeras de visualização para sala de controle, 24 quilômetros de fibra ótica, quatro TVs com transmissão em tempo real de todos os setores da Avenida, além de uma projeção 3D que mostra como o jogo de luzes está sendo visto pelo público. O espetáculo é comandado por técnicos da Sala de Controle da Iluminação Cênica, localizada no setor 10 da Sapucaí.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

No mês de janeiro, as escolas testaram a iluminação do seu desfile com os técnicos da sala de controle. Algumas agremiações ensaiaram com fantasias e mesmo carros alegóricos, para afinar a qualidade da iluminação.

As ruas do entorno da Sapucaí, por sua vez, receberam um reforço da Rioluz, que instalou 69 câmeras de monitoramento da Avenida Francisco Bicalho até a Central, para garantir a segurança dos foliões. Sessenta funcionários da companhia, divididos em três equipes, vão trabalhar em um caminhão cesto-aéreo em esquema de plantão, para assegurar a iluminação pública nas ruas de acesso e à área de desfile.

O Carnaval da Intendente Magalhães, na Zona Norte, que voltou a acontecer na própria Avenida, também recebeu cuidados especiais da Rioluz. A companhia fez serviços de manutenção da via e ainda instalou mais 91 projetores. A Intendente também foi alvo da Operação Caça Fios. A Rioluz manterá 36 colaboradores de plantão durante os desfiles.

No Terreirão do Samba, na Zona Central, a Rioluz fez manutenção da iluminação da área. Nos dias de Carnaval, a empresa garantirá o fornecimento de energia para o palco principal do evento, que terão 15 colaboradores de plantão.

Avenida Chile e a Cinelândia, na região Central, entre outros lugares onde passam desfiles de blocos, também receberam manutenção e reforço na iluminação.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Sistema de iluminação da Sapucaí será espetáculo à parte durante desfiles

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui