Hoje, sábado, a tarde aconteceu um acidente envolvendo o Bonde de Santa Teresa que matou 5 pessoas e feriu outras 53. O bonde que é um ponto turístico de nossa cidade, basta lembrar da animação Rio em que uma das cenas se passa exatamente lá, não merecia o descaso que tem tanto do Governo do Estado.

 

Em 2009, logo depois de um acidente, o governador Sergio Cabral (PMDB) disse que passaria a administração para a Prefeitura, pela natureza do serviço e que contrataria uma consultoria independente para inspecionar as condições do freio. Neste ano teve o turista francês que caiu.

O lamentável é que nada foi feito para solucionar, afinal, o povo esquece. E ai de quem reclamar e pedir investigações mais profundas. É fato que o secretário de Transportes, Júlio Lopes (PP), já era para ter caído faz tempo, muito tempo, desde que começou a sua gestão e a de Cabral os transportes do Rio entraram em uma decadência inesperada, basta lembrar os problemas com metrô, trem e barcas. Problemas, saliente-se, que não foram resolvidos até hoje e não serão até a saída de Sergio Cabral do governo.

 

Para piorar ainda não houve, ao menos até o momento, uma declaração de Cabral sobre o acidente. E olha que sobre a morte do jornalista Rodolfo Fernandes, diretor de Redação de O Globo, ele declarou luto de 3 dias. Ele merece todo o respeito do governador mas o resto do povo também merece.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui